30 de agosto de 2011

Dicas de New York - Central Park


Uma visita à NY não está completa sem uma caminhada, ainda que curta pelo Central Park. Cheio de vida e movimento no verão ou charmoso no inverno, é um programa obrigatório da cidade para qualquer época do ano.
Como New York é uma cidade cheia de prédios e adensada, o parque é uma espécie de quintal para seus nova-iorquinos que o freqüentam durante o ano todo e a qualquer hora.
Nos arredores do parque mora a alta sociedade de New York, fato este que é facilmente explicado pelas belas vistas que os edifícios têm do parque e da tranqüilidade da região. Estão ali também algumas embaixadas e museus importantes.
Criado em 1858 era originalmente ocupado por fazendas, pedreiras, choupanas e brejos, sendo necessárias 10 milhões de caçambas de pedra e terra para transformar a área em um parque com 340ha, contendo morros e lagos e aproximadamente 500 mil árvores, 93 km de trilhas e 30 pontes. Sua área equivale a 523 campos de futebol.
É um verdadeiro alivio para a correria e agitação de New York, sendo possível até mesmo esquecer-se de que se está em uma das cidades mais movimentadas do mundo.
As suas vias principais são transitáveis por carro nos dias de semana, sendo fechadas apenas nos finais de semana.
O centro de visitantes, situado no The Dairy (terça a domingo das 10 às 17hs.), de estilo gótico é um bom lugar para começar os passeios. Seu nome significa leiteria, pois antigamente vacas leiteiras pastavam no local.
Uma das principais pontes no parque é a Bow Bridge, com seu arco de 18m que cruza o lago e é um bom lugar para apreciar a vista geral do parque.
Um local muito apreciado pelas crianças é a estátua de Alice no País das Maravilhas.
No Ramble, uma área com vegetação mais fechada e 15ha e trilhas estreitas é possível apreciar mais de 250 espécies de aves que utilizam o parque como ponto de parada em sua rota migratória pela região.
Strawberry Fields é uma área do parque criada por Yoko Ono em homenagem a John Lennon que foi assassinado aqui perto, no edifício Dakota que dá vista para esta parte do parque. O mosaico com a inscrição Imagine foi um presente da cidade de Nápoles, na Itália.
Outra área interessante é a esplanada do Bethesda Fountain and Terrance, com a sua bela fonte e vista para o lago.
Um local interessante é o Belvedere Castle (terça a domingo das 10 às 17hs.), de onde é possível ter belas vistas do parque.
Aos sábados de março a novembro, no Conservatory Water (ou Model Boad Pond) é possível ver corridas de barcos de brinquedo.
No inverno vale a pena ao menos visitar o Woolman Rink, um enorme rinque de patinação restaurado nos anos 80 por Donald Trump.
Há ainda dentro do parque o Central Park Wildlife Center (diariamente das 10 às 16h30), que é um dos principais zôos da cidade com 130 espécies.
E para aqueles que pretenderem passar o Ano Novo na cidade e não gostam da agitação da Times Square, fica a dica: existe uma corrida de rua de 4 milhas (aprox. 6,44km), e ao final um show de fogos para comemorar a passagem de ano.
Site oficial: www.centralparknyc.org

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui