30 de setembro de 2011

Dicas de Praga - parte V

JOSEFOV (BAIRRO JUDEU):

Josefov é a área onde vive a comunidade judia de Praga. Alí estão algumas atrações interessantes relacionadas aos imigrantes judeus que passaram a viver na região a partir do século 13. São diversas sinagogas, inclusive a mais antiga da Europa, datada de 1270 e um velho cemitério judeu com mais de 12000 lápides.


O charme do Bairro Judeu



Detalhe do São Jorge na fachada de um prédio no Bairro Judeu
Uma calma rua no Bairro Judeu de Praga

É possível notar a diferença inclusive da arquitetura entre esta região e o restante da cidade. O bairro surgiu no século 13, sendo reformado entre 1893 e 1913, e hoje é provavelmente o conjunto de prédios e monumentos judaicos mais bem resguardados da Europa.

Além da arquitetura diferenciada, existem várias lojas de grife na região
A variedade de lojas é bem razoável
Antes da 2ª Guerra Mundial, viviam aqui mais de 36 mil pessoas, e após os nazistas invadirem a região, sobraram apenas 300 judeus.


Prédios residenciais de luxo no Bairro Judeu
Detalhes arquitetônicos bem diferentes do usual dão um charme especial ao bairro
Apesar de ter sido invadida pelos nazistas, a República Tcheca não teve uma participação tão pontual como Alemanha, Polônia ou Hungria, o que ajuda a entender a sua preservação. Quatro sinagogas, um pequeno museu e o antigo cemitério fazem parte atualmente do Museu Judaico, acessível com um ingresso único, formando uma espécie de complexo, com as atrações dispersas pela área. No coração do bairro fica o Jewish Tourist Center (Maiselova 16 esquina com Siroká 9), que oferece tours pela região com o mote do judaísmo. Para quem se interessar, o local oferece também passeios a Terezín, campo de concentração que fica uma hora de Praga, por 1.100Kc, com saídas às 10h, e 6 horas de duração, e outro por Josefov, 620Kc, saída às 10h30, com 3 horas de duração – pode ser interessante para quem quiser informações mais detalhadas e conhecer um pouco mais a respeito da história local.


Área mais antiga do Bairro Judeu

A menos que você esteja hospedado no Centro Velho da Cidade, de onde é melhor ir caminhando e já curtindo o passeio, é fazer uso do metrô Staromestská.

A região tem seis principais atrações que fazem parte do pacote denominado The Jewish Museum in Prague (Zidovské Muzeum Praha):

a)    Sinagoga Maisel: construída entre 1590-92 e renovada em estilo barroco em 1689 após um incêndio, funciona como local de exposições.


Sinagoga Maisel


b)    Sinagoga Espanhola: um pouco mais afastada, fica na Vezenská 1. Datada de 1868, tem uma interessante e curiosa arquitetura em estilo mouro.

c)  Sinagoga Pinkas: datada de 1535, é provavelmente a mais interessante das sinagogas que compõem o museu. Depois da 2ª Guerra Mundial, foi convertida em memorial em honemagem aos judeus mortos na Boêmia, apresentando em suas paredes os nomes de 77.297 deles, dizimados nos campos de concentração. Há inclusive no local uma exposição com desenhos de crianças que foram presas no campo de Terezín entre 1942-44. – Para lá foram enviadas aproximadamente 8 mil crianças com menos de 15 ano, mas apenas 242 sobreviveram.

d) Sinagoga Klausen: perto do Antigo Cemitério Judaico, data de 1573, e foi reconstruída depois de um o devastador incêndio em 1689. Apresenta exposições relativas ao modo de vida e costumes judaicos.

e) Sala de Cerimónias: prédio românico de 1912, funciona como um museu, completando a exibição das tradições judaicas

f)   Old Jewish Cemetery: é um dos “cartões postais” de Praga e, embora possa parecer meio mórbido, é de fato impressionante.


Entrada do Old Jewish Cemetery
São aproximadamente 12 mil sepulturas, o de maior número em uma área tão pequena. Isto porque, sem espaço para enterrar seus mortos, os judeus se viram obrigados a sobrepor lápides umas às outras – algo normalmente impensável.
A mais antiga (onde repousa o erudito e poeta Avigdor Kara) data de 1439.
Até 1787 as cerimônias fúnebres eram realizadas aqui, quando então os mortos passaram a ser enterrados no New Jewish Cemetery, inclusive o ilustre Kafka.
Apesar do número oficial ser de 12 mil lápides, o número dos que aqui repousam deve ser seguramente superior, pois ao longo dos tempos o cemitério foi ampliado várias vezes até chegar ao tamanho atual. O fato é que dada a sua superfície não ser suficiente decidiu-se trazer mais terra e criar novas camadas – isto explica o fato dele ficar acima do nível da rua.

Detalhe das lápides praticamente empilhadas

Nesta foto dá para perceber o acúmulo das camadas de terra e de sepulturas
Endereço: U Staré školy 1, 110 00 Praga 1
Horário: Novembro – Março 9.00 – 16.30 horas e Abril – Outubro 9.00 – 18.00 horas. O museu encontra-se aberto diariamente, exceto aos sábados e dias festivos judaicos.
$$$: Museu Judaico de Praga 300 CZK (Com esta entrada pode ainda visitar a Galeria Robert Guttmann.); Antiga-Nova Sinagoga 200 CZK (Com esta entrada é possível visitar também a Sinagoga Jerusalém (só de Abril a Outubro das 13.00 – 17.00 horas); Entrada para todos os monumentos judaicos do Bairro Judeu de Praga 480 CZK. Atenção que existe uma autorização específica para fotografar, que custa 50 CZK.

Old New Synagogue (Staronová Synagoga) é a mais antiga sinagoga da Europa ainda em funcionamento, datando do final do século 13. É também um dos mais bem conservados prédios góticos de Praga e permanece em pleno uso pela comunidade judaica da cidade.


Old New Synagogue

A Antiga-Nova Sinagoga tem estilo novo-gótico e originalmente recebeu o nome de “Nova” ou “Grande” Sinagoga, em oposição ao velho templo, que não foi conservado. Só no século XVI, quando foi construída uma nova sinagoga, passaram a utilizar o nome de Antiga-Nova Sinagoga. A sala principal é uma representação única em tipo medieval, presente originalmente na sinagoga românica de Worms (do século XII) e na sinagoga de Regensburg.
Endereço: Cervená 2. Metro: Line A to Staromestská
Horário: diariamente (abr/out) 9h30-18h e (nov/mar) 9h30-17h (14h sextas).
$$$: 200Kc

Booking.com

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui