17 de janeiro de 2013

Onde Ficar na Capadócia? Dervish Cave House Hotel

A escondida entrada do Dervish Cave House.

Escolher um hotel na Capadócia não é tarefa fácil não, principalmente para aqueles, como eu, mais exigentes com limpeza e tal. É... confesso sou mesmo chato com este tipo de coisas.
Depois de muito pesquisar e pensar a respeito, criei coragem para reservar um hotel caverna. Ora, uma vez lá, nada melhor do que fazer como os locais...
Em que outro lugar eu teria a oportunidade de dormir numa caverna???
A oferta de hotéis deste tipo é bem grande na região. Aproveite!
Após uma longa pesquisa, e considerar qualidade x preço, optei pelo Dervish Cave House Hotel, um hotel relativamente simples e pequeno no vilarejo de Göreme. Pequeno porque são apenas 7 quartos.
São poucos quartos, então reserve com antecedência.
Até mesmo por conta do tamanho do hotel, você não reserva um quarto, mas sim o quarto. Explico. Ao fazer a sua reserva, eles te perguntam qual quarto você prefere e pedem uma segunda opção, caso o pretendido não tenha disponibilidade.
Os quartos têm pequenas diferenças. Confira no site deles as características de cada quarto. Ah, o que ficamos e aparece nas fotos é o quarto n.º 2, mas não deixe de ver os demais no site deles.
Um ponto bacana é que eles fornecem serviço de shuttle gratuito a partir dos aeroportos de Nevsehir ou Kayseri. Na volta eles cobram justas 25TL para a ida ao aeroporto de Kayseri e 20TL para o de Nevsehir. Nada mau.
No pátio, uma enorme amoreira recheada.
Como já disse no post anterior, eles vendem um interessante pacote para visitar as principais atrações turísticas da região. E caso você prefira eles também podem marcar o vôo de balão – nós preferimos fazer por conta – saia mais barato na época.
Mas como é dormir numa caverna? Como as fotos mostram, ao abrir a porta, nota-se um quarto de teto bem mais baixo e paredes evidentemente rústicas. Charmoso é verdade.
Apesar do calor escaldante do lado de fora, as paredes do quarto permaneciam praticamente frescas – tanto que nem lembro se existia ou não ar-condicionado! Acho que não... Abríamos a janela apenas para o ar circular. Esta foi uma das razões que levaram as pessoas a utilizarem as cavernas (naturais ou escavadas) como residência. Dizem que no inverno não é tão frio.
A decoração é bem típica.
O espaço do quarto é excelente.
Banheiro com ducha e banheira.
Eu tenho certeza que olhando assim tudo parece limpinho e tal, mas quando você olha os detalhes ao vivo a coisa é um pouco diferente.
Não posso dizer que era imundo ou coisa e tal, mas pela expectativa que eu tinha, fiquei um pouco decepcionado com este item. Eles poderiam ter um pouco mais de atenção com a limpeza, afinal o slogan deles é “like at your home” – bom minha casa está beeem longe disto então!
Ao vermos a limpeza do quarto e constatarmos que apenas homens trabalhavam no hotel (lembra que falei que pouquíssimas mulheres trabalham fora?), a Sra. Cumbicona disse uma coisa interessante (sem qualquer conotação machista/feminista hein!): que aquilo não era mais limpo porque tinha sido limpado por homens. Concordo plenamente, faltou um pouco de capricho e cuidado.
Ainda que numa caverna, os quartos são relativamente amplos e têm as principais comodidades que você pode esperar. Quer dizer, quase... faltou um frigobar e uma TV um pouco melhor - pois por mais cansado que você esteja no final de um dia de viagem, ao menos de passagem, assistir a algo é bacana – a TV turca é bem interessante, um mix bacana de modernidade e tradição.
A localização do hotel é excelente, não só porque Göreme é minúsculo, mas também porque ele está no alto de uma pequena colina, o que permite boas vistas da cidade a partir do pátio onde o café da manhã é servido.
Ah e por falar em café da manhã, eis aqui um ponto que poderia ser melhorado. Não sei se é porque vínhamos de um café da manhã estonteante no hotel de Istambul, mas tive a nítida impressão que o café do Dervish Cave House Hotel ficou devendo bastante. Que pena, uma vista destas merecia um café mais elaborado.
O cenário para o café da manhã era incrível!
Destaque para a equipe do hotel. Muito educados e atenciosos.
Quanto? A diária para casal com café da manhã saiu por €65. Barato? Caro? Bom, cada um tem um tamanho de bolso. Apenas para comparar, a diária em Istambul, num hotel significativamente melhor (um dos preferidos dos nossos reviews) com café saiu por €61.
Saldo final? Bom ficar numa caverna foi uma experiência muito interessante e que portanto valeu a pena, mas que o hotel poderia melhorar em vários aspectos, ai isso poderia sim.
Valeu pela experiência Fred Flinstones!

E ai? Gostou? Se quiser reservar este e outros hotéis, dê um clique no banner do Booking.com e faça sua reserva, assim você ajuda na manutenção deste blog e não paga nada a mais por isso!    

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui