24 de maio de 2013

Onde ficar em Hamilton Island? Reef View Hotel

Só a vista já valeira (clique para full size).
     Quem acompanha os nossos hotel reviews já deve ter notado que não temos por hábito frequentar hotéis digamos assim... mais chiques. Não que a gente não goste... conforto e um pouco de mimo, digamos assim, não faz mal a ninguém.
Ocorre que normalmente seguimos a idéia de que hotel precisa ser bom, limpo e bem localizado. O que vier além disso é lucro, pois o nosso foco é priorizar outras experiências de viagem.
Todavia, às vezes, exceções são bem vindas, senão, necessárias.
Na nossa estadia em Hamilton Island, uma das portas de entrada por assim dizer para a Grande Barreira de Corais, tivemos que optar por um hotel bem mais requintado se comparado aos que utilizamos em Sydney.
Depois de uma breve pesquisa nas opções de hospedagem disponíveis, todas elas controladas pela mesma empresa que explora comercialmente a ilha, optamos pelo Reef View Hotel por conta do custo benefício e uma promoção sazonal.
Ainda que seja um hotel 4 estrelas, é uma das opções mais em conta existentes em Hamilton Island, pois as demais podem ser consideravelmente mais caras, dependendo do período da sua viagem.
Uma cascata na recepção ajuda a refrescar o ambiente.
Reef View Hotel.
Para uma melhor visão do recife, suba até o último andar.
Pode não parecer grande coisa diante de tantos mais modernos, mas lembre-se: isto fica numa ilha paradisíaca.
Vista do último andar. O hotel abaixo é o Beach Club.
As reservas são feitas diretamente no site da Hamilton Island, pois os quatro hotéis localizados na ilha (Qualia; Beach Club; Reef View Hotel e Palm Bungalows) são administrados pela mesma empresa que gerencia toda a ilha.
Simulando para o mesmo período em que simulamos os vôos que vocês viram no Flight Review da Virgin Austalia, isto é, alta temporada e final de semana, obtivemos preços entre AUD 380 e AUD 1195 – não se assustem, este último é para a suíte presidencial.
Importante ressaltar que o café da manhã não é incluso no preço mencionado, mas às vezes eles fazem promoções incluindo-o, ou simplesmente usando o esquema “fique 5 noites e pague 4”, o que pode ser uma enorme vantagem.
Vale também mencionar que para crianças de até 12 anos de idade, hospedagem e alimentação são gratuitas.
Cruzou a rua diante do hotel é só pé na areia!
E da piscina para a praia.
No nosso caso, tivemos uma grata surpresa ao chegar ao hotel. Embora tenha reservado um quarto chamado garden view, e que portanto não teria vista para o mar, eles nos deram um up-grade para o coral sea view em um andar intermediário, o que já bastou para garantir esta incrível vista da sacada do quarto.
Grata surpresa ao abrir a porta do quarto!
Ah que delícia de up-grade!
É... a chuva atrapalhou um pouco.
Mar e vegetação por todos os lados.
Aliás se vocês puderem, peçam por um quarto num andar mais alto possível, pois a vista vale a pena, principalmente se o tempo estiver aberto, o que definitivamente não foi o nosso caso.
E por falar em vista, assim que chegamos ao quarto, notamos na sacada uma placa indicando para não alimentar as aves. Aves? Que a placa abaixo.
Tempos depois, fomos surpreendidos com uma tremenda barulheira vinda da sacada do quarto ao lado. Corremos para a nossa sacada e nos deparamos com uma grande quantidade de cacatuas ou Sulphur-crested Cockatoo, muito típicas da região, fazendo a maior algazarra porque alguém no quarto ao lado estava dando algo para elas. Sim, é errado, mas garantiu uma bela sequência de fotos!
Em dado momento contamos quase vinte aves penduradas no beiral das sacadas ao redor.
De longe avistei duas numa árvore...
Ai uma perto...
E de repente uma convenção de cacatuas na sacada ao lado!
Bonitinha sim, mas não é de estimação, então cuidado com os dedos...
No final a nossa sacada já era um poleiro.
Se alguém conseguir contar quantas tem voando deixe um comentário!
E não é que elas são fotogênicas?
Ainda que tenha sido muito bacana ver aqueles simpáticos visitantes tão pertinho da gente, o hotel e nós também, não recomenda alimentá-las com aquilo que comemos (salgadinhos e etc.) para o bem delas mesmas.
Elas são tão espertas que vimos até uma entrando pela estreita janela de um banheiro para roubar algum alimento. É mole?
Entrando pelo vitrô do banheiro!
Alguém deixou restos de café no corredor, e a cacatua mandou um "perdeu prayboy!"
Bem, mas voltando às instalações do hotel. Os quartos têm um excelente tamanho, mais precisamente 65m² no caso do Coral Sea View Room que testamos. Isto é mais que suficiente para comportar tranquilamente uma família de dois adultos e duas crianças.



Só o banheiro já dá o tamanho de alguns quartos de hotel que fiquei!
Cubas separadas, área do sanitário independente, chuveiro de um lado e banheira do outro, além de uma pequena área para guardar as malas ou outras coisas.



A limpeza geral dos quartos era também excelente. O único ponto negativo era quantidade de formigas, daquelas bem pequenas, espalhadas pelo quarto e principalmente no balcão diante das camas.
Embora esteja no meio de uma ilha tropical e rodeado de verde por todos os lados, creio que o hotel poderia ser mais cuidadoso neste aspecto ou pensar em uma solução eco-friendly para isto – tamanduá não vale!
Fiquei imaginando o estrago que seria deixar algum alimento ali por alguns instantes, certamente elas o levariam embora, como naqueles desenhos aminados (Rsss).
No quesito infra-estrutura o hotel tem o essencial. Com tanta coisa bacana na região, certamente o hotel é apenas um detalhe a mais.
São duas piscinas, uma delas, tradicional, fica dentro das dependências do hotel.
A outra, bem mais interessante, fica do outro lado da rua, praticamente com o pé na areia, é compartilhada com os demais hotéis da ilha, e é bem mais charmosa.

Cruzou a rua, chega-se a esta piscina.

Fora isso, o hotel oferece sauna, quadra de tênis, e academia, além de aluguel gratuito de caiaque, equipamento para snorkel.
Tênis não é a minha praia, mas para quem gosta, acho que as instalações eram razoáveis.
Internet gratuita está disponível em todos os ambientes do hotel.
Uma das coisas mais interessantes no hotel foram os cafés da manhã. Embora os itens servidos sejam praticamente os mesmos, os hospedes podem tomar café da manhã em três restaurantes diferentes.
Após avaliar as opções oferecidas, não pensamos duas vezes, fomos direto ao que certamente é o mais interessante, o Wildlife Hamilton Island Park Cafe.
Situado no pequeno parque ecológico do outro lado da rua, possibilita aos hóspedes tomar café enquanto aprecia os coalas ainda (ou sempre) em estado de soneca! Estando ou não com crianças, é imperdível.
Wildlife Hamilton Island Park Cafe.
A mesa de café.
Além dos coalas existem outros animais.
Tudo delicioso, com exceção ao Vergemite. Ahrrr, Uhrk, Léca!
Preguiça matutina (clique para vídeo).
Sim, você toma um café cheio de coisas interessantes e estes sujeitos lá te olhando e comendo "deliciosas" folhas de bambu!
O outro que provamos, no Pool Terrace Restaurant, ao lado da piscina, era muito bem servido, mas nem de longe com a graça do primeiro!
Existe ainda o servido no Sails Steak and Seafood Grill um restaurante que fica no hotel em frente, o Beach Club.
Ainda que a ilha seja relativamente pequena, o que possibilita caminhar com facilidade de um lado para o outro; com malas isto não é nada agradável.
Assim, o Reef View oferece um transfer gratuito do aeroporto para o hotel e vice-versa. Basta no ato da reserva informá-los o número do seu vôo e o micro-ônibus deles se encarrega do restante.
Transfer para ir embora para o aeroporto.
Aliás, os hóspedes podem fazer uso destes micro-ônibus durante toda a estadia para ir e voltar para o pequeno centro comercial da ilha. Mas se vocês quiserem ir caminhando, não dá mais que 10 minutos.
Enfim, o Reef View é um daqueles hotéis que deixa saudades. Se recomendo? Claro, mas têm que levar a gente junto!
Certeza que ficamos com saudades!

E ai? Gostou? Se quiser reservar este e outros hotéis, dê um clique no banner do Booking.com e faça sua reserva, assim você ajuda na manutenção deste blog e não paga nada a mais por isso!

Booking.com

Um comentário :

  1. Boa sugestão. Bem quanto às formiguinhas em hotel junto à natureza, tudo bem. Pior seriam moscas ou insetos rastejantes-com-casca-de-verniz. Obs. saiu coladas e não coalas.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui