5 de agosto de 2014

Dicas de Singapura (VII) - Onde comer em Singapura? Faça como os locais.

Em Singapura existem pratos de vários lugares, inclusive rolinhos primavera
Até mesmo por conta da diversidade cultural, os singapurianos desfrutam de uma excelente variedade de pratos locais. Portanto, fica um pouco difícil falarmos em uma cozinha típica como temos em outros países.


No geral, os singapurianos misturam a comida chinesa com a malaia.

Mas esta mistura de culturas e sabores não impede que eles tenham alguns itens tidos como favoritos, como por exemplo o durian. Para quem não sabe, trata-se de uma fruta cuja aparência semelhante à uma jaca.
Ele é apresentado assim.
Mas para vender só embalado à vácuo.
O que torna o durian tão famoso não é exatamente o seu sabor, mas sim o fato de que ele é extremamente fedido. Mesmo sem termos coragem de provar, deu para sentir o seu cheiro forte. Algo como ovo podre com sabe-se lá o que. Na minha opinião, terrível.

Confesso que se não fosse pelo cheiro desencorajador, teria provado.
Tão popular que virou sobremesa no McDonalds.
Será que algum dia eu ainda experimento isto?

A coisa é tão séria que é simplesmente proibido abri-lo em público.

E por falar em comidas locais, embora não tenhamos encarado o durian, andando pelas ruas encontramos algo que pode parecer estranho, mas que no calor de Singapura caiu muito bem... um sanduiche de sorvete.

Sorvete de menta com pão de forma. Coisas de Singapura.
Encontrado praticamente em tudo quanto é esquina, nada mais é do que uma grossa fatia de sorvete com duas de pão de forma. Existe também uma variação com bolacha crocante (hummm!).

Imagino que alguns estejam até torcendo o nariz (kkkk), mas saibam que até que é gostoso. Infelizmente não conseguimos saber se existe um nome mais típico - na dúvida peça um ice cream sandwich e certamente lhe atenderão.


Andando pelas ruas, notei que embora seja infinitamente menor do que por aqui, eles têm sim padarias. No formato deles é claro! Mas com pães deliciosos.

Ainda que seja relativamente fácil encontrar restaurantes mais requintados em Singapura, peço licença para deixar de lado esta categoria de estabelecimento, até mesmo porque o nosso foco maior era a busca pelo típico, e diferente.

Pesquisando sobre comida em Singapura, me deparei com algo interessantíssimo chamado de Hawker.

Objetivando evitar a bagunça e até mesmo para, de uma forma ou outra, controlar a qualidade (leia-se higiene) dos vendedores ambulantes de comida tão típicos em todo o Sudeste Asiático, os singapurianos criaram os Hawkers que são que espaços (alguns bem bonitos é verdade) onde os ambulantes, muitos já bem estabelecidos, vendem os pratos típicos locais, ou melhor, das diversas etnias que lá vivem.

Existem vários estabelecimentos como este pela cidade, mas um dos mais interessantes é o Lau Pa Sat que fica num edifício construído 150 anos atrás para servir de mercado municipal (Telok Ayer Market).
Lau Pa Sat.

Escolher o que comer é um tanto quanto difícil diante de tantas opções interessantes. A saída é dar uma volta pelo local para conhecer as opções. Dificilmente você não encontrará algo que lhe apeteça.

Algo que muita gente não sabe é que os restaurantes são classificados segundo o seu grau de limpeza e qualidade da comida. As notas são atribuídas por letras; A, B, C e tal. 

Olhando ao redor não encontrei nenhum A, mas também nenhum C, quanto menos notas menores. Dizem que é praticamente impossível ter um estabelecimento nota A diante dos rígidos critérios, mas também não ví nenhum abaixo de B - de Bom sinal!!!
O maior risco mesmo são as pimentas. Vale sempre conferir se os pratos não têm muita pimenta.
Os preços são tão variados quanto a quantidade de pratos, mas tendem a ser muito, mas muito acessíveis. A salvação do turista low cost na caríssima Singapura.

O mais bacana é que em um único lugar é possível provar comida da Ásia inteira.



Putz, até caldo de cana! Só faltou o pastel. Kkkk.
Particularmente achei os “restaurantes” muito limpos e a comida deliciosa. Gostamos tanto que comemos lá dois dias.

O Lau Pa Sat fica na 18 Raffles Quay (Estação Raffles Place) está aberto 24 horas por dia.

Se quiserem outras opções:

· Maxwell Food Centre: embora seja bem mais simples que o Lau Pa Sat, alguns entendidos em Hawker consideram o Maxwell o mais original de todos, aquele que melhor representaria a ideia. Ele fica na região de Chinatown, mais especificamente na 1 Kadayanallur St (Estação Chinatown) e funciona diariamente das 8h00 às 22h00;

· Newton Food Centre: situado na região da Orchard Road, é um dos mais frequentados por turistas, e talvez até mesmo por conta disso alguns o considerem um dos menos típicos. Fica na 500 Clemenceau Ave North (Estação Newtown) e funciona diariamente das 12h00 às 2h00 da manhã;

· Tekka Centre Hawker: situado no interior de um centro comercial, o foco aqui é maior na culinária indiana. Fica na 66 Bufalo Road (Estação Little India) e funciona diariamente das 6h30 às 21h00.
Na dúvida, vá pelas fotos!
Até mesmo pela simplicidade dos estabelecimentos, duas dicas importantes. 

Os guardanapos são vendidos à parte (vai entender?!?), e se você encontrar um pacote deles numa mesa, não sente, é sinal de que alguém já reservou aquele lugar.

E dificilmente eles aceitam outra forma de pagamento que não dinheiro. Então nada de cartão de crédito ou débito. Muitos deles contam com banheiros públicos (paga-se uma pequena quantia pelo uso).

Então fica a dica: quer economizar, comer bem e ter uma experiência autêntica? Vá a um Hawker!!! 

Olhem ai que lindos os pratos:



Não gostou? Achou muito, digamos, simples? Embora ainda ache que você possa estar perdendo uma experiência típica... sugiro tentar as Food Courts, algo como as praças de alimentação, mas longe de terem aquele ar meio deprimente que algumas aqui no Brasil possuem.

Já falamos destes estabelecimentos nos posts da China e de Bangkok.

As mais interessantes são a da loja japonesa Takashimaya e a Food Republic (ambas na Orchard Road); e outras situadas junto à atrações como a Singapore Flyer e o Singapore Night Safári.

Quem não conhece, deveria! A Takashimaya é a loja de departamentos mais famosa do Japão. Epa epa epa, mas não estamos em Singapura? Sim, mas eles têm uma filial aqui, mais precisamente na 391 Orchard Road (utilizar a estação Orchard) – funciona diariamente das 10h00 às 21h30 – no segundo subsolo do shopping Ngee Ann City. O legal é que você vê eles fazendo a comida.

Outra opção interessantíssima de food courts são as da rede Food Republic com várias lojas espalhadas pela cidade. O bacana é que cada uma delas tem um tema diferente na decoração, podendo ir do estilo retrô ao futurista. 
Food Republic no Vivo City.
Abaixo vocês conferem os endereços e horários de funcionamento delas:

· Shopping 313 Somerset na Orchard Road, fica no quinto piso e funciona diariamente das 10h00 às 22h00 (uma hora a mais nas sextas e sábados);

· Shopping Wisma Atria na Orchard Road, no quarto piso e funciona diariamente das 10h00 às 22h00 (uma hora a mais nas sextas e sábados);

· Shopping Ion na Orchard – nível 4, funcionando das 10h às 22h. Aqui ela foi nomeada para Food Opera e segue o conceito mais sofisticado do shopping que a abriga. Decoração inspirada em arte moderna.

· Suntec Convention Centre (complexo Suntec City) em Marina Bay – nível 1, funcionando das 8h às 22h de segunda a quinta (até as 23 de sexta a domingo). Decoração inspirada na Europa do século 19.

· Shopping Vivo City em Harbour Front – nível 3, funcionando das 8h às 22hs (até as 23h nas sextas, sábados e véspera de feriados). Ela foi concebida para lembrar a Singapura de 1900 a 1940.

· Shopping Nex em Serangoon – basement 2, funcionando das 7h às 22h (até as 22:30h nas sextas, sábados e véspera de feriados). Um dos menores e decoração clean.

· Shopping I12 Katong em East Coast – funcionando das 10h às 22hs (até as 23h nas sextas, sábados e véspera de feriados). Concebida para ter um ambiente mais contemporâneo.

· Beer Garden no estacionamento do St James Power House – funcionando das 18h às 5hs (até às 6h nas sextas, sábados e véspera de feriados). Concebida para dar suporte aos que vem passar a noite se divertindo neste grande complexo de entretenimento noturno.

As outras duas opções de food court estão situadas em atrações bem conhecidas da cidade, o Night Safari (Mandai Lake Road diariamente das 19h30 às 0h00) e Singapore Food Trail (da Singapore Flyer, fica na 30 Raffles Avenue e funciona diariamente das 10h30 às 22h30h – uma hora a mais nos finais de semana). Na food court do Night Safari, além de um restaurante e de uma lanchonete, há uma sorveteria, a Ben & Jerry’s Scoop Shop.

Fora tudo isso, vocês ainda podem contar com as praças de alimentação dos inúmeros shoppings da cidade e restaurantes, onde assim como outros países asiáticos, eles priorizam o frescor dos alimentos.
Por fresco entenda-se muitas vezes vivo!
Pitaia é uma das frutas típicas locais.
E as feiras de rua são comuns.
Se depender da quantidade de opções, eu garanto que aperto com comida vocês não passarão!

No próximo post, vamos falar um pouco sobre compras em Singapura.

Quer receber mais dicas de viagem e saber quando saem os próximos posts?
Curta nossa página no Facebook, aqui.
Siga-nos no Twitter @cumbicao.
E no Instagram – Cumbicão.

Booking.com

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui