7 de agosto de 2014

Real Seguro Viagem, comparando várias seguradora e coberturas num só lugar.


Mesmo com um câmbio nada favorável, não é de hoje que o brasileiro vem buscando novos destinos de viagem no exterior.


Uma grande gama de voos, preços competitivos (muitas vezes até melhores que os do turismo doméstico!), e a facilidade de informações a respeito de destinos internacionais são só alguns dos motivos que vêm fazendo com que o brasileiro viaje como nunca ao exterior.

Normalmente, a maioria das pessoas pensam apenas nas providências mais óbvias, como passaporte, visto, passagem, hotel, compra de moeda estrangeira e pronto.

Conversando com alguns colegas, muitos bastante acostumados a viajar, notei que a maioria simplesmente ignora algo que na minha opinião é essencial: a contratação de um seguro de viagem.

Muitos justificam a não contratação do serviço com frases do tipo “Ah, nada vai acontecer” ou “eu não vou precisar”, e tal. É verdade, assim a gente espera. Mas e se precisar?

Eu sei que é chato ter que pensar neste tipo de coisa, e como dizem por ai, seguro é algo que você contrata para não usar, ou melhor, torce por não precisar. Mas volto à questão anterior: E se precisar?

Embora a cobertura dos seguros, na maioria dos casos vá muito além dos gastos relacionados diretamente com despesas médicas, o primeiro motivo que vejo para que vocês não sejam seduzidos por esta mentalidade do “deixa a vida me levar” é que os custos de qualquer tipo de intervenção médica, seja ela simples ou não, são sempre altíssimos no exterior.

Se ter um probleminha de saúde durante uma viagem já é chato, imagina voltar com as contas de viagem e mais despesas médicas para pagar na mala. Um souvenir nada bacana.

As coberturas variam muito de caso para caso, mas no geral elas englobam outros benefícios, como por exemplo repatriação; assistência jurídica e pagamento de fiança (se cabível); extravio de bagagem; atraso de voo; e por ai vai.

Sei que é chato, mas recomendo sempre que você leia com muita atenção a sua apólice, pois ali estão todas as regras aplicáveis, seus direitos e restrições.

Conheça bem os planos oferecidos, pois existem planos específicos para quem pratica esportes radicais ou para gestantes (numa outra oportunidade falaremos a respeito).

Aproveito para refazer um alerta que já fiz no passado e que nunca é demais repetir. Não confundam seguro de viagem com chamada assistência de viagem, serviço no qual não estão incluídos os custos com o atendimento propriamente dito, mas tão somente um auxílio não financeiro. Algo do tipo, “eu lhe digo onde existe um médico que fale português”. Perceberam a importância de ler atentamente a apólice?

Para quem vai à Europa, o seguro viagem acaba também funcionando, juntamente com a prova de que você vai retornar ao Brasil (passagem ida e volta) e prova de que tem como se manter durante a viagem, como um dos requisitos de admissão no chamado espaço Schengen. Em termos práticos, você não será admitido pela imigração dos países europeus se não tiver por um seguro de viagem com cobertura de no mínimo € 30 mil.

Na imigração, caso solicitado (nunca me pediram, mas vai que...), basta apresentar o voucher que comprova a contratação e traz um resumo da cobertura. Simples assim.

No mercado vocês encontrarão muitas seguradoras de qualidade que oferecem diferentes planos/coberturas com custos variados.

Como as agências de viagem normalmente trabalham com apenas uma, quando muito duas seguradoras, sempre tive muita dificuldade em pesquisar qual o melhor custo-benefício. E pesquisar uma por uma no site de cada seguradora é algo que demanda tempo e que nem sempre é fácil.

Justamente buscando facilitar este procedimento, a Real Seguro Viagem oferece a possibilidade de consultar os diferentes planos de várias seguradoras num só lugar. Dentre as seguradoras com as quais eles trabalham estão nomes conhecidos no mercado, como Travel Ace, Vital Card, ASSIST MED, SULAMERICA, GTA e Assist Card.

O procedimento de comparação e compra é bastante simples. Você informa o destino para o qual pretende viajar, a data de embarque e chegada no Brasil, e alguns dados de contato. Na tela seguinte, eles abrem o comparativo no qual são apresentadas as seguradoras, planos/coberturas e os respectivos custos. Genial!
Uma das simulações que fiz.
Então, na sua próxima viagem inclua este item a mais no seu check-list, pois ele pode lhe garantir uma viagem mais tranquila, ou ao menos, sem custos adicionais.

A para arrematar o pacote de vantagens da Real Seguro Viagem, quem contratar por este link ganha um desconto de 10%. Corra e aproveite para viajar tranquilo!

Boa Viagem!


Obs: Este é um publipost. Ou seja, que fui convidado pela empresa para testar os produtos ou serviços oferecidos. Porém de acordo com a política de parcerias deste blog, jamais faríamos publicidade de algo que não obteve resultado satisfatório nos testes efetuados.

Quer receber mais dicas de viagem e saber quando saem os próximos posts?
Curta nossa página no Facebook, aqui.
Siga-nos no Twitter @cumbicao.
E no Instagram – Cumbicão.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui