21 de janeiro de 2015

Como utilizar celular com internet nos EUA? Travel Mobile


Mesmo que você seja avesso às redes sociais ou queira mais desconectar-se do mundo quando sai de férias, não dá para negar que um smartphone com acesso à internet é uma tremenda, senão a melhor ferramenta de viagem que existe.


Duvida?

Está perdido ou procurando por uma atração? É só entrar no Google Maps e ter todos os detalhes de como chegar ao seu destino, inclusive com informações de trânsito em tempo real estarão ali.

Esqueceu de reservar um restaurante ou um hotel? Nada que uma busca na internet e uma ligação rápida não resolva. Sim, tem muito restaurante que só atende com reserva.

Precisando converter rapidamente moedas? Nada mais prático que um conversor com a taxa de câmbio devidamente atualizada para o dia.

Procurando por cupons de lojas? Acesse o site da loja e veja se há algo ali. Na última vez em que estivemos na Flórida, deixávamos o link dos cupons já nos favoritos, ai era só chegar na loja e o caixa já scanneava o celular ao fechar a compra. Tempos modernos!

Acesse o seu banco e resolva pequenos problemas online; peça um táxi; confira a situação do seu voo.

É tanta funcionalidade que se fossemos elencar todas elas, teríamos que fazer um post só sobre isto.

Mas de que serve um smartphone no exterior sem acesso à internet?. Ok, você pode até usar o wi-fi do seu quarto de hotel. Mas e na rua???

Nas últimas viagens, seja por razões de segurança seja pelas funcionalidades acima - e é claro, para postar a #Fotododia – nós sempre compramos um chip ou sim card ao desembarcar no destino.

Por mais prático que isto possa parecer, envolve a necessidade de pesquisar as operadoras, pois nem todas têm planos pré-pagos; ver onde há uma loja; e entender como funciona a prestação dos serviços, o que às vezes é complicado.

Utilizar o roaming internacional da operadora brasileira? Nem sonhando! Os preços são simplesmente extorsivos e na grande maioria das vezes funciona precariamente – quando funciona!

Para a nossa viagem ao Havaí, que vocês acompanham no Instagram, fomos convidados pela Travel Mobile a testar o sistema de telefonia + internet deles.

Como vocês podem ver das fotos postadas, o serviço funciona perfeitamente.

Fiquei bastante satisfeito, inclusive com a velocidade de conexão.

Basicamente eles operam com duas operadoras americanas, Ptel e Red Rocket que oferecem os seguintes planos:


A cobertura destas operadoras abrange todo o território norte-americano, salvo no caso da Ptel que não atende o Alasca.

Após realizar um pré-cadastro no site da Travel Mobile, você escolhe a operadora e o tipo de chip - fique atendo a isto, pois existem tamanhos diferentes dependendo do modelo/marca de telefone que deve ser do tipo GSM e suportar frequências 1700 MHz e 2100 MHz.

Ao receber o chip você informa a Travel Mobile o n.º de série dele, escolhendo o plano e a data de ativação.

Um dos maiores diferenciais está no fato de que na data de ativação você recebe um e-mail informando qual será o seu n.º de telefone nos EUA, assim você já sai daqui com ele ativado e pode informar para quem precisar, como entrar em contato contigo. Portanto, sugiro colocar como data de ativação a data de embarque.

A partir daí é só trocar o chip da sua operadora nacional e usar. Simples assim!

O valor das ligações é bastante convidativo. Só para dar uma ideia, a tarifa na Ptel para ligações dos EUA para telefone fixo é de US$ 0,01 para Rio de Janeiro ou São Paulo. Ligações recebidas não são cobradas. Todas as tarifas estão claramente descritas no site da Travel Mobile.

As ligações locais nos EUA são ilimitadas e gratuitas.

O único senão é que, por enquanto, o chip funciona apenas nos EUA. Espero que em breve eles ampliem a operação para outros destinos turísticos.

Então deixo a dica, se você quiser sair de casa já com tudo resolvido, inclusive o tão útil acesso à internet durante a sua viagem, Travel Mobile.

Quer receber mais dicas de viagem e saber quando saem os próximos posts?
Curta nossa página no Facebook, aqui.
Siga-nos no Twitter @cumbicao.
E no Instagram – Cumbicão.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui