8 de janeiro de 2015

Onde ficar em Liechtenstein? Landhaus am Giess

Landhaus am Giess.
Como vocês viram no post de Liechtenstein, diferentemente da maioria dos turistas que passam por lá, optamos por pernoitar na capital Vaduz, pois estávamos indo de Zurique para St. Moritz e depois de 12 horas de voo, fazer um bate-e-volta como a maioria das pessoas seria impossível.


Diante desta situação, resolvi encarar a difícil missão de encontrar um hotel bom bonito e barato por lá. Como a quantidade de visitantes que se hospedam em Vaduz é pequena, a oferta de hotéis também é reduzida. Lembrando que estamos falando de um dos países menos visitados do mundo.

Não espere encontrar por lá nenhuma das redes mundialmente conhecidas como Ibis e outras tantas. Esqueça.

No quesito barato então... nem se fale. Vaduz é cara por natureza, e os hotéis seguem a mesma linha.

Depois de pesquisar praticamente quase todos os hotéis da cidade, coisa fácil em se tratando da pequena Vaduz, encontrei um que atendia perfeitamente às nossas necessidades, o Landhaus am Giessen.
Alguns quartos têm vista para o castelo.
O Landhaus am Giessen está localizado bem perto do centro de Vaduz, e você não gasta mais que 5 minutos de caminhada até lá. Para quem estiver com malas e etc., o ônibus que faz a ligação entre a cidade e a rodoviária está na quadra adjacente – nunca é demais lembrar que quem tem o Swiss Pass não paga tarifa.

Com apenas 22 quartos, o hotel tem aquela cara de estalagem familiar e o atendimento é excelente, bastante simpático e cordial. No dia que chegamos, chovia horrores e ao ver a nossa cara de cansados, ou melhor, moídos, depois de 12 horas de voo + 2 de trem; a senhora da recepção nos mandou para o quarto descansar e providenciou um belo de um café com leite quente e bolachinhas. Sabe aquela coisa de vó?
O mais bem vindo café com leite que tomamos!
quarto era relativamente bom, mas talvez apertado para dois adultos e um bebê, tanto que por conta disto não forneceram berço para o Cumbiquinho – aliás este foi o único hotel de toda a viagem em que isto não foi possível. Uma pena!
Landhaus am Giess 
Preciso dizer que abrir as malas era coisa para ninja?
Ao entrar-se no quarto fica claro que trata-se de um hotel antigo. Mas nem por isso velho (são coisas distintas!) ou mal cuidado. Tudo limpo e em perfeito estado.

No quarto há sistema de aquecimento por calefação; TV; secador de cabelo e internet wi-fi gratuita. Ficou faltando frigobar.
O banheiro é limpo, mas parece super antigo.

O café da manhã no sistema buffet, incluso na diária, foi excelente. A pouca quantidade de frutas, fato que se repetiu em muitos dos hotéis do nosso roteiro, é compensada pela variedade de pães e queijos (ai que saudades!!!). Enfim, muito bem servido.
Um excelente café.

O preço da estadia ficou em torno de CHF 160.00 – CHF 180.00 (lá em Liechtenstein também usam o franco suíço), que dá uns R$ 455/512 (ai doi!) para o casal e criança (não pagante) já com o café incluso. Pode parecer um pouco alto, mas foi o melhor custo benefício que encontramos em Vaduz.

No quesito infraestrutura o hotel oferece uma piscina aquecida que deve de fato ser muito, mas muito útil no rigoroso inverno de Liechtenstein.

Então se você resolver pernoitar em Liechtenstein, anote ai, o Landhaus am Giessen é uma boa opção.

E ai? Gostou? Se quiser reservar este e outros hotéis, dê um clique no banner do Booking.com e faça sua reserva, assim você ajuda na manutenção deste blog e não paga nada a mais por isso!

Quer receber mais dicas de viagem e saber quando saem os próximos posts?
Curta nossa página no Facebook, aqui.
Siga-nos no Twitter @cumbicao.
E no Instagram – Cumbicão.

Booking.com

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui