1 de fevereiro de 2017

Visto para os EUA - Mudanças nos procedimentos de emissão.

Novos procedimentos de visto para quem quer vê-la de perto.
Talvez até mesmo pela quantidade de mudanças de postura por parte do governo norte-americano, especialmente ao noticiar as restrições à entrada de estrangeiros de algumas nações de maioria muçulmana nos EUA, a imprensa brasileira deixou de noticiar algo que afeta diretamente muitos brasileiros que pretendem visitar os EUA: as alterações nas regras de concessão e renovação do visto para lá.

As regras foram alteradas de forma tão rápida que até mesmo os funcionários dos consulados e CASVs (Centros de Atendimento ao Solicitante de Visto) foram pegos de surpresa.

Mas e ai, o que mudou? Serei afetado?

Anteriormente à ordem assinada pelo presidente Donald Trump no último dia 27, os brasileiros (e viajantes de outras nações) que tivessem idade entre 14 e 15 anos, e idosos entre 66 e 79 anos, que solicitavam vistos pela primeira vez não precisavam fazer entrevista no consulado. Bastava ir direto a um dos postos do CASV (Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto) para entregar a documentação. Um procedimento bastante simples.

O mesmo procedimento deveria ser utilizado por quem pretendesse renovar o visto (na mesma categoria) vencido dentro do prazo máximo de 48 meses.

A medida criada no governo Obama visava agilizar os procedimentos para a obtenção do visto, fazendo com que parte dos viajantes pulassem uma das etapas de obtenção do visto.

Agora, pelas regras vigentes desde o último dia 27 de janeiro, todos, exceto aqueles viajantes menores de 14 anos ou maiores de 79 anos, devem fazer entrevistas no consulado.

E para quem pretende renovar o visto (da mesma categoria), a isenção de entrevista no consulado será válida apenas para quem estiver renovando um visto emitido a no máximo 12 meses.

Se você está com viagem marcada para os EUA, e não tem visto ou precisa renovar ele, programe-se com a devida antecedência mantendo um olho no noticiário e outro no site oficial da Embaixada dos EUA (http://br.usembassy.gov/pt/) para atualizações.

Por mais que a reinserção de uma etapa na solicitação do visto para os grupos acima mencionados pareça de fato um primeiro momento uma maior dificuldade principalmente se considerarmos que o número de postos CASV é muito maior do que consulados norte-americanos e que isto tende à uma demora maior na emissão do documento, apenas o tempo poderá dizer quais serão os reais impactos disto na vida dos turistas brasileiros que pretendem visitar os EUA.


Quer receber mais dicas de viagem e saber quando saem os próximos posts?
Curta nossa página no Facebook, aqui.
Siga-nos no Twitter @cumbicao.
E no Instagram – Cumbicão.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui