20 de julho de 2017

Google Flights: Uma forma eficiente de pesquisar voos.

Google Flights, se não conhecia, deveria!
Salvo um ou outro susto que o dólar nos dá de tempos em tempos, as passagens aéreas estão cada vez mais acessíveis e as promoções surgem a todo momento. Mas mesmo assim, é inegável que o sonho de qualquer viajante é voar bem pagando pouco. Basta ver a quantidade de serviços de pesquisa de preços de passagem sejam eles apps ou sites na internet.

Como disse no post sobre viajando por conta, onde conto algumas dicas para vocês passarem a programar as suas próprias viagens, sempre que a gente começa a tirar uma viagem do papel, um dos primeiros passos é pesquisar as passagens (rotas, horários e valores). E para isso existem muitos sites e apps, mas cada um analisa um grupo de empresas aéreas e cada qual segundo um critério. Uns incluem as taxas de embarque, outros não; uns dão o preço em US$ outros em R$.

Enfim, é praticamente impossível comparar os sites e apps de forma direta e eleger o melhor deles.

É neste cenário que acabei descobrindo o GoogleFlights. Pois é, a gigante de pesquisas online (infelizmente) não divulga este seu serviço – talvez, depois do Google Maps o mais importante para o viajante.

O sistema de busca de voos do Google é bem semelhante aos demais, mas tenho a impressão que ele cobre uma gama maior de empresas aéreas se comparado com outros do tipo, como Skyscanner; Hopper; Kayak, para ficar apenas nos três que mais uso.

O uso do sistema é bastante simples e intuitivo, com uma interface clean que facilita demais o uso.

No quesito funcionalidade e opções de buscas o sistema destaca-se dos demais. Logo na tela inicial, ele já se diferencia ao dar além da opção de você escolher o destino, lhe sugerir destinos de acordo com os seus interesses (cidade, história, praia e etc.) ou ainda sugestões separadas por continente.
É só escolher as datas, destinos
E em segundos o resultado completão.
Opções de busca. As pesquisas podem ser feitas por voos ida e volta; apenas ida; ou ainda várias cidades, o que é bem interessante para quem tem itinerários mais complexos com vários trechos de aéreo. Isto definido ele também permite que você faça algo que a maioria dos concorrentes não oferece: escolher a classe (econômica, econômica plus, executiva ou primeira).

Se você viaja com outras pessoas, já dá para pesquisar o valor das passagens para todos, bastando inserir no campo superior direito outros passageiros.

Nos campos origem e destino você pode tanto escolher direto o aeroporto como simplesmente escolher a cidade, sendo que neste caso o Google Flights irá te dar todas as opções de voos para aquela cidade, caso exista mais de um aeroporto nos arredores. É algo bastante útil por ampliar o leque de opções em cidades como por exemplo São Paulo, New York ou Londres.

Você pode ainda filtrar os resultados por quantidade de escalas ou simplesmente escolher apenas voos diretos; filtrar por horário de chegada e de partida; e ainda por tempo de duração do voo.

Para quem tem uma preocupação especial com o acumulo de milhas aéreas nos programas de fidelidade, o Google Flights também tem algo que os demais buscadores não têm: filtrar os resultados por redes/alianças.
Filtre os resultados por grupo de empresas.
Ou por quantidade de escalas.
A grosso modo, hoje existem 3 grandes grupos de alianças ou redes que congregam as mais importantes empresas aéreas: Oneworld; Sky Team; e Star Alliance. Na prática se você viaja por qualquer uma das empresas aéreas de um destes grupos, você pode pontuar suas milhas em apenas uma empresa. Por exemplo, se você voa American Airlines, pode lançar seus pontos na LATAM, pois ambas as empresas fazem parte do Oneworld. Sugiro apenas que você sempre consulte o site destas alianças porque vira e mexe uma empresa entra e outra sai, mas é uma forma inteligente de acumular milhas.

Uma vez definida origem e o destino, se você clicar na data, o sistema já abre o calendário para que você veja os preços não só do dia escolhido, mas também dos dias anteriores e seguintes. Uma excelente opção para que você possa de repente alterar a data para pegar uma tarifa melhor. Como no caso abaixo, um voo de Guarulhos para Manila nas Filipinas tem uma variação que pode passar dos R$ 1.000 de um dia para o outro. Não é pouca coisa não!!!
Não deixe de usar o calendário para ver os preços do período selecionado.
Selecionadas as datas de ida e volta, o Google Flights apresenta os melhores voos segundo os critérios que você definiu anteriormente e já lhe dá a opção de ir ao site que está oferecendo a passagem ou solicitar o rastreamento do voo.

No menu à esquerda, você tem duas funcionalidades. Uma delas e que eu reporto das mais úteis é o rastreamento de preços. Semelhantemente aos demais serviços, você pode solicitar que o Google Flights monitore o valor da passagem para determinado destino em certas datas. Ele vai te enviar um e-mail toda vez que o preço das passagens subir ou cair para que você possa ter uma previsão de como os preços estão se comportando e aproveitar as oportunidades.
Feita a pesquisa, abre-se a opção para solicitar o rastreamento.
Exemplo de um e-mail de rastreamento.
Veja que eu disse previsão. O Google não vai conseguir te dizer “compre” ou “não compre” com certeza, mas isto já é uma ajuda. Bola de cristal ainda não inventaram.

Outra função que você encontra ali é a explorar mapa. Nela, você simplesmente diz onde está e as datas, e ele se encarrega de te inspirar para onde ir de acordo com o tanto que você quer gastar.
No mapa, você consegue ver vários destinos ao mesmo tempo.
Por mais que possa parecer estranha esta função, ela é legal para de repente você perceber que por uma quantia de x reais dá para ir até tal lugar, ou  talvez com só um pouco mais dá para você conhecer um lugar que seja seu sonho! Vale para ter uma visão geral dos custos sem ter que buscar um destino de cada vez.

O ponto negativo que vejo no Google Flights em relação aos concorrentes é o fato de não oferecer um app para smartphones, algo realmente essencial nos dias de hoje. Quem sabe eles não mudam isso daqui um tempo.

Gostou? Bora lá, aposto que seu sonho de viagem não está tão distante quanto você imaginava.


Quer receber mais dicas de viagem e saber quando saem os próximos posts?
Curta nossa página no Facebook, aqui.
Siga-nos no Twitter @cumbicao.
E no Instagram – Cumbicão.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui