11 de fevereiro de 2018

Como requer a Autorização Eletrônica para Viajar (eTA) para o Canadá.

As Montanhas Rochosas são só um dos grandes atrativos (créditos: Destination Canada)
Por mais que a mídia tenha alardeado tempos atrás que brasileiros não precisariam mais de visto para viajar para o Canadá, isto não significa que para ir para o Canadá seja só pegar um avião e pronto. Você ainda vai precisar de uma Autorização Eletrônica de Viagem (eTA em inglês) ou de um visto propriamente dito, dependendo dos fatores que vamos apresentar abaixo.

Onde e O que comer (e beber) em Cancun / Playa del Carmen?

Nachos no Tacos Rigo.
Unindo elementos da cozinha espanhola e dos povos indígenas nativos, a culinária mexicana deu ao mundo pratos que extrapolaram as suas fronteiras, como nachos, tacos, e burritos; para ficar apenas nos mais conhecidos.

1 de fevereiro de 2018

Maldivas: Mergulhando no paraíso

Aquela hora em que você pensa que caiu em um aquário.
Como vocês já viram em alguns posts aqui no blog, sempre que a gente viaja aproveito para mergulhar. Ciente de que as águas claras das Maldivas são povoadas por uma riquíssima vida marinha, não podia deixar passar a oportunidade. Vamos então neste post mostrar como é mergulhar nas Maldivas diretamente da praia.

25 de janeiro de 2018

Flight Review: Como é voar no A380 da Emirates São Paulo - Dubai e no Boeing 777 para Maldivas / Ho Chi Minh.

Finalmente A380 voando para São Paulo.
Como já adiantei para vocês no post sobre as Maldivas, para esta viagem que também envolveu alguns destinos do Sudeste Asiático que virão na sequência de posts, tivemos novamente a oportunidade de voar com a Emirates. Mais do que voar com uma das empresas que mais admiro, conseguimos voar o trecho São Paulo – Dubai no A380. Neste post então vamos então contar como foi este voo, bem como os voos de Dubai para Malé nas Maldivas e do Vietnã para Dubai.

27 de dezembro de 2017

Necessaire de viagem: O que e Onde levar seus itens de higiene pessoal.

Tudo o que preciso para alguns dias fora de casa.
Continuando os nossos posts sobre dicas para fazer as malas, vamos aqui falar de como levar seus itens de cuidados pessoais e/ou higiene na viagem, a tal necessaire.

21 de dezembro de 2017

Chichén Itza, a capital do Império Maia.

Chichén Itzá é o principal sítio arqueológico da península de Yucatán.
No primeiro post da série sobre a Riviera Maia disse que uma viagem para esta região do México é uma excelente oportunidade para combinar praias paradisíacas com um banho de história e cultura. Se nos posts anteriores focamos nas praias e nas cidades de Cancun e Playa del Carmen, agora é hora de conversarmos sobre o maior sítio arqueológico da península de Yucatã e um dos mais importantes do mundo: Chichén Itzá.

12 de dezembro de 2017

Conhecendo Malé, capital das Maldivas, em algumas horas.

Centro Islâmico em Malé.

Como dito anteriormente, não considero nem de longe Malé como o lugar mais interessante das Maldivas. Mas faço este comentário sem nenhum demétiro, já que competir com o senário de ilhas paradisíacas é impossível. Tanto que se não fossem as ilhas com praias de areias brancas como farinha e água azul de vários tons, Malé seria uma atração interessante.

30 de novembro de 2017

Conhecendo os Fiordes Noruegueses em uma curta viagem.

Já pensou perder isso???
Não façam o que eu fiz; mas se fizerem, façam o que eu fiz. Não estou brincando com as palavras nem tampouco maluco. Explico.

A maioria das pessoas quando viaja procura conhecer aquilo que o país  tem de típico, seja sob o ponto de vista cultural, seja em termos de paisagem. E perder a oportunidade de ver algo assim estando tão perto é um verdadeiro pecado. Pecado este que por pouco eu não cometi na nossa viagem para a Noruega ao quase que deixei de lado os Fiordes Noruegueses. Neste post, vou mostrar para vocês como ver, ainda que em uma rápida viagem, esta maravilha da natureza.

22 de novembro de 2017

Tulum e Akumal, uma dobradinha de ruínas e praia.

Tulum.
Juntamente com Chichén Itzá, Tulum é um dos mais importantes sítios arqueológicos da Riviera Maia. Ela pode até não ter construções tão imponentes e variadas quanto Chichén Itzá, porém Tulum tem um atrativo a mais, a antiga cidade muralhada (significado da palavra Tulum) maia fica à beira mar, ou melhor, pé na areia. Isto porque ela foi construída para servir como porto pelos maias.