23 de março de 2013

Dicas da AUSTRÁLIA (II) - Sydney: Aeroporto e Como se Locomover


Acho que ví um aviãozinho...
      Antes de falarmos sobre as atrações de Sydney, vamos conversar um pouco sobre como se locomover pela mais conhecida cidade australiana.
O Aeroporto de Sydney ou Aeroporto Internacional Kingsford Smith (SYD) é praticamente o único aeroporto da cidade, pois o Aeroporto Bankstown serve apenas vôos privados.
Trata-se de um dos aeroportos mais antigos ainda em operação (1920) e o mais movimentado do Hemisfério Sul, com 26 milhões de passageiros (dados de 2005).
Com uma infra-estrutura de fazer inveja em muito aeroporto europeu, o Aeroporto de Sydney conta com uma boa quantidade de serviços aos passageiros e amplas instalações – dá para se perder fácil lá e ir de um portão ao outro pode ser uma pequena maratona.
São três terminais, sendo que o T1 serve vôos internacionais; o T2 os vôos domésticos de empresas variadas; e o T3 apenas aos vôos domésticos da QANTAS. Haja vôo!!!
Uma das áreas de check-in no Terminal 1.
Praticamente não existem filas!
Lá vocês encontrarão várias opções para refeição, que podem ir desde um simples lanche até uma refeição mais caprichada. O bacana é que o próprio site oficial divide os restaurantes nas categorias Casual Dining, Family Favourites, Healthy Eating, Grab and Go; Bars & Cafés; e Breakfast Options – a variedade é enorme. E nós aqui no meu querido Cumbica com aquela meia dúzia de opções... E caras!
Praça de alimentação do terminal doméstico (T2).
Como lá eles adoram tortas de carne e outros recheios, acabei topando uma Pie Face.
Recomendo.
E como não poderia ser diferente, no duty-free é possível encontrar desde aquelas tradicionais “lojas ancoras” que vendem a conhecida trinca bebidas-perfumes-tabaco e alguns bons eletrônicos (destaque para a área da Sony) até lojas de marcas conhecidas mundialmente, como por exemplo Victoria`s Secret.
Victoria`s Secret no terminal doméstico.
Eu particularmente adorei a loja do Lonely Planet, que é a única loja física existente no mundo. Poxa tinha que ser justo tão longe???
Ah como eu queria uma desta do lado de casa...
Como se não bastasse isto eles têm uma Apple Store – não lembro de nenhum outro aeroporto que tenha uma.
Duty-free de Sydney.
Com uma boa quantidade de eletrônicos.
Só tome cuidado para não se perder!
Mas como nada é perfeito, os preços é que não agradam. Como era de se esperar, ainda que um pouco mais em conta, eles seguem o padrão de vida local que como já dissemos é altíssimo.
Claro que não poderia faltar internet gratuita, né?
Enfim, um excelente exemplo da espécie “prima mundi airport” – sim, latim by Google Translator! Rsss.
Certamente a primeira coisa com a qual você deve se preocupar ao desembarcar (não esquecendo de passar pela imigração e pegar suas malas) é justamente como chegar à cidade, já que como outros tantos aeroportos, o Kingsford Smith está um tanto quanto afastado da cidade.
A forma mais prática de ir do aeroporto para Sydney é pelo Airport Link. Os trens operam diariamente das 5h00 às 24h00. Existe uma parada em cada terminal.
A seqüência de estações e os tempos de viagem são mais ou menos os seguintes:

Do terminal internacional para:
Estação
Tempo em minutos
Domestic station
2
Central station
12
Museum station
15
St. James station
17
Circular Quay station
21
Wynyard station
23
Town Hall station
25
Kings Cross station (change at Central Station)
30
North Sydney station (change at Central Station)
35

Do terminal doméstico para:
Estação
Tempo em minutos
Central station
10
Museum station
12
St. James station
14
Circular Quay station
18
Wynyard station
20
Town Hall station
22
Kings Cross station (change at Central Station)
27
North Sydney station (change at Central Station)
30

Para encontrar os pontos de embarque no aeroporto, basta seguir as instruções passadas pela administração do aeroporto: “Sydney International Airport Terminal 1, the Station Entrance is at the north (city) end of the terminal. When you come out of the arrivals hall, into the public area, turn right and walk for about 150 metres. The station entrance is down past the Mcdonalds Restaurant. At Sydney Domestic Airport Terminal 2, the Station Entrance is near Virgin Airlines Baggage Carousel 2. At Sydney Domestic Airport Terminal 3, the Station Entrance is near Qantas Airlines Baggage Carousel 1.
Basta seguir as placas.
E logo você chegará às escadas e elevadores de acesso à estação.
Os preços são os seguintes: do Terminal Doméstico para qualquer das estações da cidade ou para Kings Cross, AUD 15,90; já do Terminal Internacional para os mesmos destinos são AUD 16,70.
O pagamento pode ser feito em dinheiro, cartão de débito ou crédito tanto nos guichês de atendimento quanto nas vending machines. A depender da quantidade de pessoas x viagens pode ser um bom negócio comprar bilhetes múltiplos.
AirLink.
O serviço é de altíssima qualidade e a pontualidade extrema. Não tivemos nenhum contratempo nas 4 vezes que usamos. Pode confiar!
Já dentro da cidade, vocês vão notar que embora Sydney tenha pouco mais de 4,5 milhões de habitantes, a área em que se concentram as atrações turísticas mais conhecidas é relativamente pequena.
Se você somar a isto o fato de que a cidade é bastante plana, chegará à conclusão que (dependendo da sua disposição) é possível utilizar transporte público apenas para os trajetos mais longos, ou quando estiver mais cansado.
Em termos de transporte público Sydney oferece as seguintes opções:
A primeira delas, e bastante útil tanto nos trajetos curtos quanto nos mais longos, é o City Rail. Trata-se daquele misto de trem e metrô que alguns países têm. São ao todo 16 linhas de serviço de altíssima qualidade.
Só em Sydney mesmo para pegar um trem na estação central altas horas da noite.
Algumas estações são subterrâneas, como num metrô mesmo.
As máquinas que vendem bilhetes são bem intuitivas.
As tarifas variam conforme a distância percorrida, e o bilhete pode ser adquirido nas vending machines existentes nas estações.
Sugiro a consulta ao site oficial não só para verificar as linhas e o preço das tarifas, mas também para usar o utilíssimo “131500 Trip Planner” que lhes dará absolutamente todos os dados necessários à sua viagem, inclusive o tempo estimado.
Um alerta importante: como são vários trens que passam na mesma linha, fique atento aos monitores que indicam a sequência de trens que passará ali. Nada como organização e pontualidade.
Muitos vagões seguem aquele esquema de double deck, como alguns trens/metrôs da Europa.
Plataforma de embarque.
Fizemos uso do City Rail, num trecho mais curto do Circular Quay ao Centro Financeiro; e deste último até o Fetherdale Wildlife Park, e foi muito tranquilo. Recomendo.
Por incrível que pareça, um meio de transporte bastante eficiente em Sydney, graças aos onipresentes corredores, são os ônibus do sistema MyBus.
Ônibus no centro de Sydney, com faixas exclusivas para todos os lados.
Parte desta eficiência deve-se ao fato de existirem ônibus expressos (marcados com X). Só tenha cuidado que alguns deles são Pre-pay, ou seja os bilhetes não são vendidos a bordo – pergunte antes.
Os pontos indicam não só quais ônibus passam ali, mas também os horários.
A quantidade de informações no ponto de ônibus é enome!
Atenção: não se deve comer ou beber dentro dos coletivos. Eles são bem rígidos com isto.
Utilizamos o serviço de ônibus para ir do centro de Sydney para Bondi Beach. Foi super tranquilo e os motoristas, muito acostumados com turistas, compreendem pequenos equívocos. Eu mesmo por engano peguei o ônibus no sentido errado, faltando apenas dois pontos para a parada final. Ao pedir informações ao motorista e explicar para onde pretendia ir, ele não teve dúvidas, me deixou fazer a viagem no sentido correto, bastando apresentar o bilhete que eu “usei” no pequeno trecho errado. Se fosse outro país ou situação, certamente teria que pagar novamente.
Já viram um terminal de ônibus limpo e vazio assim?
Outra opção é o Light Rail. Trata-se de uma espécie de bonde moderno, como aqueles Trams europeus. As passagens são compradas diretamente com o cobrador por AUD 3,50 cada viagem na zona 1 e 2 (Central to Convention e Pyrmont Bay to Lilyfield – respectivamente). Existe também um passe diário por AUD 9,00.
O tram de Sydney.
A área de cobertura é a seguinte: Zone 1 (Central; Capitol Square; Paddy's Markets; Exhibition; Convention) e Zone 2 (Pyrmont Bay; Star City; John St Square; Fish Market; Wentworth Park; Glebe; Jubilee Park; Rozelle Bay; e Lilyfield).
No site acima indicado tem um mapa bastante útil.
Embora tenha uma extensão muito curta, pelo que considero mais um passeio do que um meio de transporte, vocês podem usar o Monorail. Com passagens por AUD 5,00, atende às seguintes paradas: City Centre; Darling Park; Harbourside; Convention; Paddy's Markets; World Square; Galeries Victoria.
Monorail, para mim é mais diversão que transporte propriamente dito.
Como Sydney está rodeada pelas águas de sua belíssima baía, considere também usar o serviço de Ferry chamado de MyFerry.
Um típico ferry em Circular Quay.
Olhando de cima, com tanta água, o ferry parece ser uma opção evidente.
      Trata-se de um dos meios de transporte mais utilizados da cidade. Ali é possível encontrar todos os tipos de passageiros, de turistas que aproveitam para apreciar a vista, a executivos indo trabalhar, tem literalmente de tudo um pouco.
É portanto mais que um meio de transporte, é um passeio obrigatório em Sydney, e os embarques são feitos em Circular Quay, entre a Harbour Bridge e o Ópera. As tarifas variam conforme a rota / distância: MyFerry1 (menos que 9km) e MyFerry2 (9km e mais).
O terminal de Circular Quay.
Embora confortáveis, a última coisa que você vai querer é ficar sentado dentro do ferry e perder a incrível vista da baía de Sydney.
Aqui também as vending machines são muito úteis.
Para rotas e tarifas, além do 131500 Trip Planner” você pode consultar as tarifas aqui e as rotas neste mapa oficial.
Por fim, como introdução aos próximos posts em que mostraremos um pouco das atrações de Sydney, gostaria de deixar os sempre úteis contatos dos Postos de Informação TurísticaCity Host Information Kiosks: aberto diariamente das 9h00 às 17h00, tem dois endereços: Town Hall (George Street) e Circular Quay (corner of Pitt and Alfred Streets); Sydney Visitor Centre - The Rocks: Aberto diariamente das 9h00 às 17h30 - Não abre no feriado de “Good Friday” e Natal -, fica na Cnr Argyle and Playfair Steets, The Rocks NSW 2000 Tel: 02 9240 8788; Sydney Visitor Centre - Darling Harbour: aberto diariamente das 9h30 às 17h30, fica na 33 Wheat Road (Between IMAX Theatre and Darling Walk) Darling Harbour NSW.
Visitor Center do Darling Harbour.
     E para informações relativas a National Parks & Wildlife Centre, Cadman's Cottage 110 George Street, The Rocks NSW 2000 Tel: 02 9247 8861.
Ah, sugiro também que logo no desembarque, nos corredores para a imigração, vocês peguem o guia-livreto de descontos e mapas chamado SYDNEY GUIDE. Sempre útil!
Isto que eu chamo de boas vindas!
No próximo post, vamos contar onde ver os típicos animais australianos em Sydney.

Booking.com

21 comentários :

  1. Muito bom e esclarecedor seu blog!
    estou indo para Sydney e de lá para Newcastle você tem algum email de contato para tirar duvidas??

    Erivelton.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Erivelton, Obrigado.
      Espero ter ajudado.
      Agora se sobrou alguma dúvida, você pode entrar em contato pelo cumbicao@gmail.com.
      Se desejar, siga-nos no Twitter (@cumbicao) ou pelo Facebook (www.facebook.com/cumbicao).

      Excluir
    2. mandei um email com as duvidas
      grato pela atenção.

      Erivelton

      Excluir
  2. Do Aeroporto de Sidney preciso fazer um voo domestic para Brisbane ,qual a melhor escolha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sugiro procurar os voos da Virgin Australia. Excelente custo benefício. Veja o nosso review aqui no blog. Abraço.

      Excluir
  3. Como ir do aeroporto a Bondi? Alguma sugestao barata?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Deborah,
      Direto desconheço.
      Uma sugestão seria buscar algo no Trip Plannet cujo link está no post. É uma ferramenta utilíssima.

      Excluir
  4. Boa tarde Diogo! Irei viajar para a Australia com a minha família(4 pessoas) e gostaria de saber o valor do taxi do aeroporto de Sidney ao centro .Uma pessoa só é vantajoso ir por trem ,com certeza,mas em número maior ,não seria melhor ir de taxi? obrigada,Márcia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcia, infelizmente não tenho esta informação.
      Acredito que você consiga isto no site do aeroporto. Mas já te adianto que muito provavelmente o trem ainda será mais vantajoso tanto em termos de tempo de viagem quanto custo.

      Excluir
  5. Olá Diogo,
    Eu estou indo para Sydney no próximo mês e gostaria de saber informações sobre trens e ônibus.
    minha questão é: o transporte por lá funciona como aqui em Sao Paulo que você pode utilizar o mesmo ticket para pegar 4 ônibus no período de 3 horas?
    Obrigada,
    Maria

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maria,
      Não estou certo se de fato existe isto em relação ao tempo, mas no post existe um link para o 131500 Trip Planner que pode responder à esta questão.

      Excluir
  6. obrigado pelas dicas

    ResponderExcluir
  7. Olá Diogo, tudo bom?

    Obrigada pelo post! Tenho uma dúvida: Sydney tem um unico aeroporto para voo domestico e internacional?

    Se sim, é muito longe a distância entre os terminais domesticos e internacional?

    bjs

    Mylena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, eu usei o terminal internacional e o doméstico do aeroporto. Eles não são muito próximos não, mas tem transfer gratuito entre eles.
      Boa viagem!!!

      Excluir
  8. Olá Diogo, Como Vai?

    Estou indo para Sydney, agora no dia 22/02/16, me diz uma coisa, é tranquilo utilizar o trem do aeroporto com malas? Fiquei sabendo que não pode ter passageiros em pé, é verdade?

    Obrigado, e parabéns pelas informações!

    Bruno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruno.
      Obrigado.
      Olha só se as regras mudaram, porque lembro bem de ter ido em pé por opção e ainda por cima fotografando.
      Achei super tranquilo ir de trem.
      Boa Viagem!!!

      Excluir
  9. oii indicaria algum local para dormir próximo ao aeroporto de syd, pois a escala é de 12 hs :D Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caroline, infelizmente não conheço nenhum.
      Fico devendo.
      Abraço.

      Excluir
  10. oi! estou indo pra gold coast , gostaria de saber se lá no aeroporto é fácil mudar de terminal ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thais,
      O aeroporto é grande, mas super bem sinalizado.
      Para adiantar, sugiro você já saber os portões de chegada e saída (as empresas sempre fornecem isso) e já olhar no mapa existente no site do aeroporto. Ajuda muito. Sempre que tenho conexões faço isso.
      Boa Viagem!!!

      Excluir
  11. Bom trabalho.

    Obrigada pelas notas.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui