25 de janeiro de 2015

Como proteger as suas malas de uma forma descolada (e econômica!)

Proteja suas malas com a Trippy.
Imagine a cena, você viaja e compra uma super mala. Linda, leve e não raras vezes, cara.

Logo na volta, você vai pegar ela na esteira e para a sua surpresa e frustração lá está ela toda ralada (na melhor hipótese!).


Como comentamos outro dia, por mais que a gente ame viajar, uma ou outra coisa desagradável literalmente faz parte.

Ainda que infelizmente o extravio e a avaria de bagagem façam parte da rotina da aviação, bem que as empresas que manuseiam as malas poderiam ser um pouco mais cautelosas.

E vá reclamar! Muito provavelmente você ouvirá do atendente da empresa aérea que a sua bagagem “extraviou-se” ou “danificou-se”. Pessoal, atentem à literalidade da fala. Mesmo tendo rodinhas, a mala não sai por ai para dar um role e se perde, nem tampouco cai e se “machuca”. Alguém muito pouco cuidadoso é que causa estes prejuízos!

Claro que você pode processar a empresa. Eu mesmo, por poder peticionar em causa própria, já fiz isto algumas vezes, e modéstia à parte ganhei a maioria. Mas mesmo assim é sempre uma pequena dor de cabeça que, ao menos no caso dos danos pode ser evitada.

Mas como?

Uma opção que vem à mente da maioria é utilizar aquelas empresas que ficam no saguão dos aeroportos oferecendo-se para embrulhar as malas num plástico filme.

Já usei sim algumas vezes, mas existem dois aspectos muito negativos. O primeiro é o custo, altíssimo! Paga-se uma bela grana para algo que não é reaproveitável. Faça uma viagem com uns 6 voos e a conta final assustará.

O segundo é que se no check-in você precisar abrir a mala questões de segurança ou para passar as coisas para uma outra mala por ter excedido o peso, dançou. O mesmo vale se a segurança do aeroporto precisar abrir a mala para inspeção – coisa comum nos voos de-para os EUA é receber a mala com aquela cartinha de “desculpe, mas fuçamos na sua mala” - ok, é para a nossa segurança.

Mas e ai, o que fazer?

Lá pelos idos dos anos 2000, depois de muito sofrer com danos seguidos às malas e comprarmos umas novas bem bacanas, tivemos uma ideia que para a época era o que tinha. Mandamos fazer capas de tecido, brim para ser mais preciso. De fato funcionou, mas existiam vários inconvenientes: as rodas ficavam cobertas; as capas eram pesadas; difíceis de colocar; serviam apenas para aquela mala específica. Fora que eram feias para caramba! Imagina uma mala jeans chegando na esteira. Era quase melhor esperar todo mundo ir embora para pegá-las! Kkkk

Na linha do “ainda bem que lançaram algo melhor”, fomos convidados a testar as capas das malas da Trippy.
Beeem melhor que a nossa capa de jeans!!!
A Trippy oferece capas maleáveis, resistentes e fáceis de lavar.

São três linhas.

Uma primeira, ideal para quem quer mais discrição, a linha Colors tem cores sólidas, umas mais sóbrias e outras mais chamativas (ideal para identificar a mala na esteira).

Já as outras duas linhas são mais descoladas. A linha Trippy Collection tem estampas variadas com temas de viagem, e a outra, que eu achei infinitamente mais bacana, a Cool Stuff  traz estampados itens do dia-a-dia.

Gostei muito da que faz a mala parecer uma máquina de lavar – piada pronta para a volta da viagem. Mas adorei mesmo a que deixa a mala parecendo uma máquina fotográfica – nada mais adequado para quem é viciado por fotos!

A capa, quando guardada, é super leve e compacta, podendo ser facilmente guardada num canto qualquer da mala quando não estiver sendo usada num estojo que acompanha.
Super compacta, cabe fácil na mala quando não estiver sendo usada.
A colocação é extremamente fácil, e como as rodinhas e alças ficam acessíveis, você pode colocar a capa ainda no quarto do hotel, por exemplo.

Existe uma abertura com zíper para as alças em cada lado e uma no topo.
Agora uma das grandes vantagens da capa da Trippy é o fato dela ser maleável, e justamente por isto servir para uma gama maior de tamanhos e formatos de malas. Elas vem em 3 tamanhos P (mínimo: 50x32x17cm e máximo: 60x40x22cm); M (mínimo: 60x37x19cm e máximo: 70x45x24cm) e G (mínimo: 70x42x22cm e máximo: 80x50x30cm).
Testamos também numa mala um pouco menor e ficou perfeita!
Gostou? Visite o site da Trippy e proteja as suas malas. Os 10 primeiros leitores do Cumbicão que adquirirem as suas capas utilizando o código promocional VB9P23FWW terão 20% de desconto na compra! Corre lá!!!

Quer receber mais dicas de viagem e saber quando saem os próximos posts?
Curta nossa página no Facebook, aqui.
Siga-nos no Twitter @cumbicao.
E no Instagram – Cumbicão.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui