23 de março de 2016

Flight Review: Como é voar com crianças na Emirates

Nota 10 no conceito Cumbiquinho!
Depois de termos experimentado uma sequência de voos com a Emirates na nossa penúltima viagem para a Ásia, as nossas expectativas para o primeiro voo do Cumbiquinho justamente novamente para aqueles lados e na reconhecida empresa eram enormes, afinal, entra ano sai ano e ela está sempre bem classificada no World Airline Awards.


Fazer uma viagem longa assim com uma criança demanda planejamento e requer, se possível, um certo nível de conforto e serviço. Dai porque ao pesquisar os preços das passagens para os trechos São Paulo-Dubai-Hong-Kong; Kuala Lumpur-Dubai; e Dubai-São Paulo, e notar que a Emirates oferecia as passagens mais baratas, não deixei escapar a oportunidade de voar novamente com ela.

Diferentemente da primeira vez, fizemos a compra direto no site da Emirates, aproveitando uma super promoção deles para o período. Como o preço da passagem varia conforme a data da viagem, recomendo checar os valores tanto no site da Emirates, quanto nos agregadores de voos KayakSkyscanner. Como já disse no passado, engana-se quem pensa que os preços da Emirates sejam mais altos que das demais. Se você considerar o tempo de voo e a qualidade dos serviços; em comparação com outras empresas que operam as mesmas rotas, verão que a vantagem em favor da empresa de Dubai é enorme.
Não fique vendo Dubai apenas pela janela do avião!
Normalmente, quando você compra o bilhete de São Paulo para algum destino asiático, a Emirates libera sem custo algum o chamado stop-over em Dubai para que você possa curtir alguns dias na cidade. Ao realizar a sua reserva, veja esta opção porque a cidade tem muito a oferecer.

Some a isto o fato de que o mapa de rotas da Emirates é simplesmente fantástico. Hoje são mais de 150 destinos! Só para vocês terem uma ideia, desde o nosso penúltimo voo eles adicionaram 20 novos destinos. Na prática, eles voam para todas as principais cidades nos cinco continentes.

Procurando por informações sobre a emissão de visto? Neste post temos o passo a passo para a solicitação do visto de turismo.

O check-in aqui em São Paulo, no Terminal 3, foi super rápido e nos reservou uma bem vinda surpresa. Ao notar que estávamos com uma criança menor de 2 anos o simpático atendente no ofereceu algo que simplesmente caiu do céu.
Check-in em Guarulhos. 
Eu já havia reservado para todos os nossos voos com a Emirates poltronas localizadas naquela fileira que fica diante da parede da cozinha. Para quem não sabe, a Emirates não cobra nada a mais por elas (diferentemente de outras empresa, né American Airlines???). O que eles fazem é priorizar estas poltronas para pessoas que viajam com crianças. Justíssimo!
Para quem viaja com crianças esta poltrona é maravilhosa.
Bem mais voltando ao check-in e a surpresa... Como a aeronave não estava cheia, o santo atendente ofereceu um remanejamento de poltronas de forma a deixar um assento bloqueado entre eu e a Sra. Cumbicona. Ou seja, ele simplesmente deixou um assento livre para o Cumbiquinho. Detalhe: por ter menos de 2 anos na data dos embarques, optamos por não comprar uma passagem para ele, que viajou pagando um pequeno percentual da passagem, mas com a condição de, se não fosse o “milagre” citado, viajar no colo.
Pensa em uma pessoa que dormiu como um anjo durante uma viagem longa!
Preciso dizer qual a diferença entre voar quase 15 horas com uma criança no colo e com uma criança deitada, ou melhor, esparramada entre duas poltronas? Sentimento de quem acabou de ganhar na loteria.

A partir deste segundo notei que a experiência seria maravilhosa.

Embora tenha imaginado que na volta isto não seria possível. Mas a minha cara de pau a uma boa dose se simpatia da atendente em Dubai nos garantiu o mesmo benefício já que na volta a aeronave estava mais vazia ainda.

Conversando com um senhor que fazia esta rota 2 ou 3 vezes ao ano e comissários de bordo, eles disseram que em agosto e parte de setembro, como as aeronaves estão mais vazias, isto ocorre com certa frequência.

Ainda sobre o check-in, algo que me surpreendeu quanto ao procedimento em Dubai foi o fato de que existem alguns balcões para atendimento preferencial para famílias com crianças. Quando você acha que já viu de tudo em termos do que uma empresa aérea pode oferecer, aparece uma destas. Nada como ter um aeroporto enorme e muita boa vontade em atender bem o passageiro.
Check-in exclusivo para famílias com crianças.
E não só por estar com criança pequena que achei isto o máximo não. É inegável que quem faz o check-in com crianças demora um pouco mais. É uma quantidade maior de malas, carrinho, cadeirinha para carro, e etc. Os pequenos quase sempre estão manhosos e tal. Ou seja, uma fila exclusiva é um bom negócio não só para quem está com crianças, mas também para quem não está, vez que a fila comum tenderá a ser mais fluida.

Ao realizarmos o check-in aqui em Guarulhos, optamos por levar o carrinho de bebê até a porta do avião, o que recomendo e muito como uma das nossas dicas de viajando com crianças. Como já sabia que no aeroporto de Dubai existem carrinhos de qualidade e gratuitos para uso ali dentro, pedi para que o nosso carrinho fosse enviado direto para Hong-Kong, o primeiro destino da viagem.
Ponto de retirada dos carrinhos de bebê em Dubai.
E o carrinho é excelente!
Quem despacha o carrinho, retira em Dubai nesta esteira separada.
Tomei esta decisão também por conta do fato de que ficaríamos na área interna do aeroporto, ou seja, sem passar pela imigração e sem pegar as malas. Só depois, quando voamos de Kuala Lumpur para Dubai é que fiquei sabendo que por conta de fornecerem carrinhos gratuitos no aeroporto, os carrinhos de bebê não são devolvidos na porta da aeronave, mas sim numa esteira especial localizada no hall de recolhimento das bagagens. Ou seja, em Dubai, você retira o carrinho de bebê no mesmo momento em que pega as malas e não na porta da aeronave.

Um detalhe interessante é que eles embrulham o seu carrinho em um saco super grosso para proteger. Ah se todas as empresas fizessem isso...

Algo de diferente que fizemos nesta viagem foi realizar um pit-stop na ida de São Paulo para Hong-Kong. Viajando com crianças não seria fácil aguentar (mesmo que com tanto conforto) as 15 horas de São Paulo para Dubai e mais 7h55 horas dali até Hong-Kong. Fizemos isto quando fomos para Bangkok, que fica mais perto, e não foi nada fácil.

Assim, optamos por pernoitar no aeroporto, no excelente Dubai International Hotel. Foi a melhor decisão, já que tivemos uma noite de sono na horizontal. Sem exagero, acordamos no dia seguinte sem sequer sentir as quase 15 horas de voo do dia anterior. Hoje nem cogito mais fazer uma viagem assim tão longa sem pernoitar no aeroporto.
Dubai International Hotel, excelente estadia no aeroporto de Dubai.
Uma coisa que pode surpreender muita gente é o fato de que se o seu voo tiver uma conexão superior a 6 horas, a Emirates te dá o hotel. Sim vocês leram certo, um voucher de hotel! Veja que para você ter isto seu bilhete deve ser de conexão, o que não era o nosso caso. Na dúvida, consulte sobre isto na central de atendimento da Emirates.

Por outro lado, caso você tenha entre um voo e outro uma janela superior a 4 horas, a Emirates lhe confere um voucher para refeição em um dos muitos e bons restaurantes do aeroporto de Dubai. Por mais que a escolha não seja livre, vai por mim, qualquer uma das opções da lista será mais que suficiente para uma bela refeição.
Voucher de refeição e as opções disponíveis.
Optamos pelo café da manhã no Café Costa.
Excelente.
Novamente passamos pelo enorme Terminal 3 do Aeroporto de Dubai que, para quem não sabe, foi desenhado especialmente para receber a frota de mais de 50 aeronaves A-380 que a empresa possui.

Já disse isto anteriormente, mas não custa repetir: este terminal do aeroporto de Dubai é simplesmente fantástico. Confira aqui algumas informações a respeito dele e principalmente como ir da cidade até o aeroporto e vice-versa.
O aeroporto de Dubai é enorme e lindo.
Tem muitas lojas
E boas opções de restaurantes.
A loja da Emirates é a perdição para quem curte aviação.
No quesito pontualidade, o horário dos voos foi respeitado.

Atualmente, considerando São Paulo como ponto de partida, temos diariamente os seguintes horários: o voo direto sai às 00h05 e chega em Dubai às 21h50 horário local. E o voo de volta parte às 8h35 e pousa em São Paulo às 16h30. Já entre Dubai e Hong-Kong existem vários voos diários. De Kuala Lumpur para Dubai, não me recordo bem, mas acho que são uns 2 voos por dia.

tempo de voo de São Paulo para Dubai é grande: pouco mais de 14 horas e quase 15 horas na volta. Já no voo de Dubai para Hong-Kong foram 7h55 horas e de Kuala Lumpur para Dubai 6h50 horas.
Adoro esta vista, mas acho que estou começando a perder a janelinha para o Cumbiquinho.
Esticando as pernas no aeroporto de Dubai.
franquia de bagagem permitida para despacho nos voos Brasil-Dubai (e vice-versa), ou Dubai – Oriente, é de duas malas com no máximo 32kg cada. Nunca é demais lembrar: se você for realizar algum outro voo interno ou até regional, deverá considerar os limites impostos pela empresa com menor franquia de bagagem. Mesmo sem pagar passagem cheia ou ter direito à poltrona própria, o Cumbiquinho tinha direito à 1 peça com 32 kg – não conheço nenhuma outra empresa que ofereça isto para menores de 2 anos. Só fiquei imaginando a insanidade que seria carregar 5 malas de 32kg cada (160kg!!!), mais um carrinho e um bebê??? Mas vai que alguém precisa...

Caso tenha necessidade, sugiro consultar a calculadora on-line de bagagem da Emirates. Bem bacana!

Para bagagem de mão, o limite é de 7kg na econômica e apenas um volume. No caso de crianças de colo, mesmo sem pagar passagem e ter assento, eles liberam uma bolsa de fralda.

As malas foram diretamente para Hong-Kong, o que demandou uma certa programação por conta de termos escolhido um hotel dentro do aeroporto e não termos acesso a elas em Dubai. Confira aqui os detalhes.

frota da Emirates tem uma variedade enorme de aeronaves. Nos voos São Paulo-Dubai; Kuala Lumpur-Dubai e Dubai-São Paulo, voamos no Boeing 777-300ER que tinha um excelente estado de limpeza e conservação. A aeronave tem capacidade para 354 passageiros; três classes (8 na primeira / suíte; 42 na executiva; e 304 na econômica); e configurado na econômica para fileiras com 3-4-3 assentos.
Boeing 777-300ER.
Já para Hong-Kong.... Tcharaaaam!!! Voamos novamente no enorme A-380. E sim, eu adoro este avião!
A-380 sempre curto muito!
Aliás neste voo consegui algo que não havia conseguido na experiência anterior: subir para conhecer o andar superior do A-380 onde ficam a executiva e a famosa primeira classe da Emirates. Durante o voo conversei com o chefe de cabine que cordialmente se dispôs a me mostrar o andar superior assim que a aeronave pousasse.

Em solo, fiquei ali sentado até que ele veio me chamar. Finalmente eu subiria, ao menos para ver, as escadas do A-380. A única condição: nada de fotos! #QuePena. Mas mesmo assim valeu porque de fato parece que trata-se de um outro mundo.
Stairway to heaven! 
Subindo a escada situada chega-se ao lounge, onde há um bar razoavelmente grande (enorme se lembrarmos que estamos dentro de um avião). Ao redor deste bar, bancos para os passageiros curtirem um drinque e socializarem. Adicionalmente, existem algumas áreas chamadas de snack areas, onde os passageiros podem a qualquer hora ir pegar algo para comer.

Na parte traseira do andar superior, 76 poltronas da business. Elas são enormes e estão dispostas em uma fileira de apenas um assento de cada lado e mais dois centrais. Ou seja, só 4 por fileira. Só para vocês compararem, na econômica embaixo, neste mesmo espaço, são 10 poltronas por fileira!

No vídeo abaixo, da própria Emirates, eles mostram uma aeronave configurada para apenas econômica e business que são utilizadas em algumas rotas bem pontuais, mas dá para vocês terem uma boa ideia de como é a executiva no A-380:


Na parte frontal são 14 pequenas suítes “fechadas” que são a primeira classe. As aspas são por conta de que embora exista mesmo uma portinha fechando, as paredes têm uns 1,5m de altura.

Ali dentro tudo o que vocês podem imaginar em termos de conforto. Confira ai o excelente vídeo o Donald Rallis:


Algo que eu queria muito ver era o tal banheiro com chuveiro. Sim, ele existe, e é enorme. Não duvido que seja do tamanho do banheiro da casa de muita gente por ai! O box do chuveiro não é lá muito grande, mas certamente é mais que suficiente, afinal você está num avião!

Foi uma visita rápida e que me deixou com muita água na boca, mas valeu e muito!

De volta à realidade da economia, o nível de conforto é bem superior à maioria das empresas, especialmente se considerarmos as brasileiras (#umapena) e as americanas, por exemplo. 

O mar de poltronas na econômica.

A tela tem um tamanho excelente.
Onde pontuar suas milhas? A Emirates tem um programa próprio, o Emirates Skywards. Depois de analisar os parceiros, optei por colocar os pontos destes voos na TAP, no Victoria TAP. A lista completa de parceiros vocês conferem aqui.

Se eu já considerava o atendimento de bordo da Emirates excelente, estando com crianças ele consegue ser melhor ainda.

Ficou claro que a empresa faz literalmente de tudo para agradar os pequenos passageiros. Desde a preocupação constante com o uso do cinto de segurança adaptado para menores de 2 anos (coisa que nem toda empresa faz ou sequer tem a bordo), até a árdua tarefa de manter os pequenos passageiros entretidos durante as longas horas de voo.

Se você estiver viajando com crianças, separe um espaço na bagagem de bordo para os presentinhos que a empresa dá aos pequenos. O primeiro item e de grande utilidade não só durante a viagem, mas também depois é uma simpática coberta colorida que vem enrolada em um bichinho de pelúcia – de qualidade muito top! São uns 8 tipos diferentes de monstrinhos para as crianças colecionarem.
A coberta com bichinho de pelúcia é sucesso certo.

Fora isto, ainda tem uma nécessaire com itens de higiene – tem tudo que você pode precisar durante o voo, exceto fraldas; um fone de ouvido em tamanho menor; livros e lápis para colorir; e ufa uma daquelas lousas mágicas!

Depois de 4 voos, imagina o tanto de coisa que tínhamos!
Saldo de um único voo da Emirates!
Lá pelas tantas, uma comissária veio ao nosso encontro com uma Polaroid à tira colo perguntando se pode tirar uma foto nossa. Depois do flash e foto impressa, ela monta um simpático porta-retratos com a nossa foto. Coloca o nome da criança, dados do voo e assina. Pronto, um souvenir diferente para quem curte viajar de avião. Simpatia nota 10!

A paciência e atenção dos comissários com as crianças é algo que realmente diferencia a empresa.
Livrinhos 
E lápis de colorir para entreter as crianças.
Mas chega uma hora que todo mundo dorme menos os pequenos!
Tive a oportunidade de conversar bastante com dois comissários brasileiros que me contaram algumas curiosidades a respeito da empresa. A que mais que chamou a atenção foi a de que eles não ficam como algumas empresas, fazendo por longo período a mesma rota.

Na verdade, a jornada deles é algo bem diferente. Se por exemplo o comissário fez um voo São Paulo – Dubai, o próximo pode ser Dubai-Los Angeles. Ou seja, além deles não fazerem a mesma rota em sequência, e cada dia estão em um lugar diferente. Por mais que isto tenha alguns contras, fala se não é o sonho de qualquer viajante inveterado???

E mais, a equipe de bordo da aeronave é sempre diferente. Eles raramente conseguem trabalhar com a mesma pessoa em mais de um voo. Salvo engano são mais de 20 mil comissários de bordo trabalhando neste esquema de cada dia um destino.

Como já falamos no post anterior, o sistema de entretenimento a bordo é um dos destaques nas aeronaves da Emirates. Desta vez, por questões obvias, dentre mais de 1.500 opções de coisas para ver, foquei atenção nas opções para crianças.
Tem muita coisa que passa na TV à cabo brasileira.
Hum... deixa eu ver aqui o que tem passando.
O sistema ICE tem muita coisa interessante para entreter os pequenos durante o voo. Desde desenhos da Disney até outros bem conhecidos do público infantil eis que passam na TV a cabo brasileira. Só não vá esperar A Galinha Pintadinha porque aí já é pedir demais!

Se você estiver com crianças que não largam tabletes e smartphones, use a porta USB não só para ver o conteúdo deles nas telas, como também para recarregar o aparelho.

Fora isso ainda tem a possibilidade de contratar o serviço de internet wireless que é oferecido, em um número limitado de aeronaves e com um preço justo cobrado em separado.
Internet wifi.
As refeições como já informamos no post anterior são um pouco acima da média se comparadas às outras empresas nas quais voamos.
Menu.
Eles sempre apresentam um cardápio que tem no mínimo 2 refeições, fora a possibilidade de servir-se de petiscos, frutas e bebidas na cozinha a qualquer hora do voo. Quem tiver alguma restrição alimentar pode também solicitar antecipadamente refeições especiais no site da empresa ou na central de reservas.

A comida tende a fugir de temperos fortes ou pratos mais exóticos, o que para quem viaja com crianças é um excelente negócio, já que é mais fácil fazer uma criança comer um prato comum do que algo meio fora do padrão.
As muitas opções de refeição.



Adicionalmente, quando da compra do bilhete é possível solicitar a refeição para bebê.



Pela qualidade dos serviços quanto pelo nível de conforto, certamente classificaria a Emirates como uma das mais kids friendly que já voamos nestes últimos anos.

Mal posso esperar pela próxima oportunidade!

E vocês? Como foram as suas experiências de voar com crianças?

Se você quiser comprar a sua passagem da Emirates e ajudar o Cumbicão sem custo algum, basta clicar no no banner ao lado ou neste link.


Quer receber mais dicas de viagem e saber quando saem os próximos posts?
Curta nossa página no Facebook, aqui.
Siga-nos no Twitter @cumbicao.
E no Instagram – Cumbicão.

Booking.com

2 comentários :

  1. Olá, gostei muito do post. Gostaria de perguntar pra vcs, pois irei de Guarulhos para Hong Kong pela Emirates, com uma criança de 2 anos e um bebê de quase 3 meses. Queria saber se vcs chegaram a ver como funciona o berço e em quais assentos ficam. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dani, obrigado.
      Não cheguei a utilizar, mas pela prática na Emirates e outras empresas, ele fica disponível para quem senta nas primeiras fileiras diante da parede que divide as poltronas das galerias ou da cozinha.
      Sugiro sempre olhar o site www.seatguru.com e o da Emirates, e reservar antes.
      Boa viagem!!!

      Excluir

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui