27 de junho de 2017

Onde Ficar em Montevidéu? Hyatt Centric, impecável.

Hyatt Centric.
Como vocês viram no post anterior, seja em uma viagem a dois ou um passeio em família, a charmosa Montevidéu é um destino mais que ideal para uma escapada em um feriado prolongado. E para combinar com este clima, escolhemos para a nossa estadia da capital uruguaia o excelente Hyatt Centric Montevidéu.

Já havíamos experimentado os serviços da rede Hyatt na nossa última passagem pelos Emirados Árabes Unidos, e ficamos impressionados com a qualidade daquele hotel; o que serviu para aumentar ainda mais as nossas expectativas sobre o que iriamos encontrar em Montevidéu em termos de hospedagem.

Em todos os aspectos analisados, o Hyatt Centric Montevidéu nos surpreendeu. E muito!

Logo na recepção fica claro o estilo do hotel. Com uma decoração impecável, ele é (infelizmente!) o único representante da divisão boutique da rede Hyatt fora dos EUA, onde conta com mais de duas dezenas de unidades espalhadas nos mais diversos estados, inclusive uma recente e linda unidade no Havaí.

Sabe aquele “Uaaaalll” quando você abre a porta do quarto de um bom hotel? Então no caso do Hyatt Centric de Montevidéu isto já acontece assim que você passa pela porta giratória e se depara com o hall de entrada muito bem decorado e vai para o check-in. É nesta hora que você tem certeza que escolheu bem o hotel.
Fala se não sobra bom gosto nesta decoração? (recepção).
E esta mesa rústica?
Comecemos então pelo check-in e atendimento. Chegamos ao hotel já passava das 2 da manhã e fomos recepcionados com uma simpatia e agilidade que em nada combinava com as altas horas da madrugada. Quem já chegou tarde em um hotel sabe que normalmente neste horário o pessoal já está cansado e nem sempre é tão simpático assim. Diante do meu sono típico de quem estava prestes a virar 24 horas no ar, fiquei me perguntando qual seria a mágica diante da simpatia e agilidade da recepção. Quem consegue isso às 2 da matina???

Tanto no check-in quanto nas demais oportunidades em que pedimos informações no balcão, o atendimento foi nota 10. Nada de bajulação ou coisa parecida, apenas a necessária e sempre bem vinda cordialidade genuína. Destaco aqui o concierge Agostin que precisou de apenas 5 minutos para me inundar com informações úteis sobre a cidade.

Ah, e se você não fala inglês ou espanhol, não tem problema, eles são super fluentes em português.

Não mais que 5 minutos depois de chegarmos já estava abrindo a porta do quarto. E que quarto! Começamos com um Standard Room.
Standard Room.
Já tem um tamanho excelente.
Enorme e muitíssimo bem decorado são as melhores definições. São 40 metros quadrados muito bem divididos. No corredor espaço suficiente para você guardar as malas no rack. Isto pode parecer bobagem, mas faz com que sobre bastante espaço no quarto para circulação.

Mesmo com a mesinha de apoio e outros móveis, sobrava muito espaço para circulação.

Até mesmo por ser um hotel boutique, a rede Hyatt caprichou e muito na decoração. Bem contemporânea é fácil olhar e querer copiar as ideias para aplicar em casa.

O quarto é muito bem equipado: internet wi-fi gratuita e rápida; frigobar; TV de LED com canais internacionais (poucos infantis é, verdade); secador de cabelos; roupão; cofre; cafeteira e um relógio da JBL no qual você pode conectar seu telefone wireless e curtir música. Algo simples e bacana que os quartos do Hyatt oferecem e que gostaria de ver em mais hotéis são as tomadas com conectores USB. Para quem nunca viu, ao invés da tomada tradicional e que eventualmente demanda que você tenha adaptadores e se preocupe com a voltagem, há uma porta USB na parede. Adorei!
No armário, roupão e cofre.
E no móvel do quarto, a chaleira elétrica, café solúvel e chá. O frigobar vem vazio para você usar ou pedir para eles abastecerem.
O banheiro era amplo e muito limpo (cara de novo). De um lado a pia que até poderia ser um pouco maior pelo tamanho do banheiro e do outro um box bem grande com um chuveiro tradicional e outro daqueles deliciosos de teto.
Banheiro bem amplo.
Excelente chuveiro.
Seguindo uma tendência cada vez mais presente, o sanitário fica em outro recinto.

Duas noites depois, trocamos de quarto para experimentar outra visão, um View Room. E que visão! Pegamos um quarto com vista para o Rio da Plata no sétimo andar. De dia ou de noite, a vista é linda e dá vontade de ficar ali no sofá apreciando a paisagem horas a fio.
A vista do quarto.
View Room, ainda maior.
Hyatt Centric.
Em termos de tamanho o quarto era ainda um pouco maior. Eram 55m² com direito à sala de estar diante das janelas inteiriças.

No mais, tudo era como no quarto anterior.

O horário padrão de check-in é 14hs, ou seja, 1 hora mais cedo que o padrão normal que temos visto que é de 15hs. E de check-out aí sim segue o padrão de meio dia, mas consulte para eventual late check-out.

Uma das vantagens do Hyatt Centric é a sua localização.

Como disse no post anterior, embora a maior parte das atrações da cidade esteja na região central, esta não é uma boa área para se hospedar. Digo isto porque à noite ela fica deserta. Não necessariamente perigosa para os padrões brasileiros, mas ela não é nada charmosa e não conta com bares, restaurantes, lojas e outros atrativos presentes nas demais áreas da cidade.

Por outro lado, o bairro de Pocitos em que está situado o Hyatt Centric é considerado um dos melhores bairros de Montevidéu, sendo super indicado para quem visita a cidade e quer curtir uma área mais charmosa.
O Hyatt Centric fica exatamente diante do letreiro escrito Montevidéu na Rambla.
Uma das maiores vantagens neste aspecto é o fato do Hyatt Centric estar diante da Rambla, o que propicia uma vista fantástica e também um dos passeios mais legais da cidade. O hotel oferece aos seus hóspedes bicicletas para que você aproveite a ciclovia da Rambla.

A infraestrutura nos arredores também é excelente. Com uma curtíssima caminhada a partir do hotel você chega ao shopping Montevidéu; supermercados; e muitos bares e restaurantes que ficam abertos até altas horas da noite. Se precisar dá ainda para chegar facilmente até o bairro vizinho de Punta Carretas que igualmente tem uma excelente quantidade de atrativos nesta mesma linha.

Dali ao centro da cidade são apenas alguns pouquíssimos minutos de táxi e Uber. Há ainda a opção de utilizar o ônibus turístico que mencionamos no post anterior e que para umas quatro quadras do hotel.

Mas se precisar alugar um carro ou até mesmo ir de carro (o pessoal do RS vai para Montevidéu de carro – ai que delícia!), o hotel cobra US$12 por 24 horas de estacionamento.

No quesito infraestrutura, o hotel também não decepciona. No subsolo você encontra academia, SPA e piscina.
Bicicletas oferecidas pelo hotel.
A academia é bem acima da média do que se espera encontrar em hotéis pois tem equipamentos modernos e em boa quantidade.
Academia.
A piscina é interna e é suficientemente aquecida para ser confortável mesmo no inverno. Ótima para relaxar as pernas depois de uma andança pelas Ramblas.
Área da piscina.
Piscina.
E espreguiçadeiras para relaxar. 
Do lado de fora deliciosas espreguiçadeiras com toalhas bem fofinhas.

No SPA você encontra alguns procedimentos para relaxamento e tratamentos de beleza.

No térreo são três opções para refeições e restaurantes.

O Moderno é um bar que além de drinques serve um excelente hambúrguer feito com carne local que é de altíssima qualidade. O interessante é que assim como em alguns lugares da Europa, eles comem pipoca como se fosse um petisco de bar mesmo.
Moderno Bar.
Drinque com pipoca.
Não deixe de experimentar o hambúrguer deles.
Anexo ao bar há uma deli que é perfeita para quem quer um café da manhã rápido ou um lanche a qualquer hora do dia, já que serve excelentes sanduiches naturais. Mas o que achei irresistível mesmo foi o café e os doces maravilhosos. Agora entendi porque o hotel oferece as bicicletas para os hóspedes percorrerem a Rambla... queimar as calorias!
Deli anexa ao hotel.
E uma de suas delícias.
Já o Plantado é o restaurante propriamente dito do hotel. Na correria entre as a atrações de Montevidéu, infelizmente não jantamos lá. Mas pelo que vi do ambiente que é o mesmo onde servem o café da manhã e o menu, é uma excelente opção para um jantar mais bacana.
Restaurante Plantado.
E já que o assunto é comida, vamos à minha parte favorita em um hotel: o café da manhã.

O café da manhã, que pode ou não estar incluso na sua diária (confira as opções de reserva), é servido no restaurante Plantado. O ambiente é muito bem decorado e agradável.
Pães e pratos quentes de um lado.
Frutas, queijos, cereais e frios de outro.
Os itens servidos são bem interessantes. São ao menos 3 tipos de sucos, leite, iogurtes, frios, queijos, uma excelente variedade de frutas, e uma grande quantidade de cereais. Aliás destaco aqui uma das granolas que eles serviam, com mel, pistache, aveia e outros itens - simplesmente maravilhosa!.

Seguindo pelo buffet, você encontra os pratos quentes: ovos mexidos, salsicha, bacon (aliás daqueles bem sequinhos e crocantes!) e uma boa variedade pães.

Enfim, um excelente café da manhã para você comer o dia cheio de atividades em Montevidéu.
Como sempre, primeiro as coisas mais magrinhas.
E depois as mais calóricas. Tudo muito gostoso.
O hotel é pet-friendly, ou seja, dependendo do tamanho do seu pet você pode levar ele pagando um pequeno adicional. Um dia, topamos com um “perro” muito fofo e comportado no corredor.

O preço médio das diárias é de US$ 200 (base para junho), o que pela qualidade geral do hotel é bastante justo, principalmente se considerarmos o câmbio atual e outros hotéis da região que oferecem serviços semelhantes por um custo maior ou cobram o mesmo entregando menos. Não deixe de conferir os valores exatos para a data da sua viagem aqui!

Feita a reserva, já recebi um e-mail de confirmação e na sequência um outro do Hyatt E-Concierge perguntando se tínhamos alguma requisição específica, tais como transfer (cobrado à parte), preferência para que a limpeza do quarto seja feita em um determinado horário; eventuais restrições alimentícias e alergias; rack para malas; berço (este aliás já estava perfeito e montado quando chegamos ao quarto, coisa que não acontece em todos os hotéis); travesseiros extras ou opcionais, e (ufa!) um breve mas útil guia de viagem sobre a cidade.
Para a sua viagem à Montevidéu, recomendo o Hyatt Centric.
Como deu para notar, o Hyatt Centric Montevidéu é um hotel diferenciado na cidade e a excelente estadia que tivemos lá tornou ainda mais especial o feriado que desfrutamos na capital uruguaia. Recomendo!

E vocês? Em que hotel de Montevidéu ficaram? Têm alguma sugestão de estadia lá?

E ai? Gostou? Se quiser reservar este e outros hotéis, dê um clique no banner do Booking.com e faça sua reserva, assim você ajuda na manutenção deste blog e não paga nada a mais por isso!


* O Cumbicão hospedou-se mediante uma parceria estabelecida com o hotel para coletar material para este post. Todas as opiniões e relatos aqui descritos refletem fielmente a experiência durante a estadia, atendendo à política do blog.

Quer receber mais dicas de viagem e saber quando saem os próximos posts?
Curta nossa página no Facebook, aqui.
Siga-nos no Twitter @cumbicao.
E no Instagram – Cumbicão.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui