12 de julho de 2017

Dicas do Uruguai: Colonia Del Sacramento, vale a pena um bate-e-volta?

Ficamos apaixonados por Colonia del Sacramento!
Seja para quem está em Montevidéu quanto para quem está em Buenos Aires (sim dá para visitar), Colonia del Sacramento, ou apenas Colônia para os mais íntimos, é um dos passeios mais populares e interessantes.


Muita gente considera que fazer um bate-e-volta de Montevidéu à Colônia não seria uma boa ideia por conta do tempo de viagem; e que a melhor opção seria pernoitar lá. Ok, até concordo com isto se você tiver mais dias disponíveis no seu roteiro, mas para quem tem só 4 dias... Caça com gato mesmo!

A melhor opção para fazer o trajeto de Montevidéu até Colônia é de carro. A viagem é super tranquila pela estrada Ruta 1 que é praticamente uma linha reta. O percurso leva não mais que 2h – 2h30 em um ritmo bem razoável. E o aluguel de um carro popular não sai por mais que uns US$30/50 por dia. Some também os quatro pedágios ao custo de 85 pesos cada.
Praticamente uma reta só e em sua maior parte com pista dupla o caminho é super tranquilo.
Neste cenário, não dava para deixar de conhecer uma das mais famosas cidades uruguaias.

Para quem for fazer este passeio por conta, uma dica: espante a preguiça e chegue cedo à cidade. Você terá as ruas praticamente desertas, ou pelo menos apenas com os turistas que estão hospedados lá, já que os ônibus de turismo vindos de outros lugares chegam apenas após o meio dia.

O Uruguai é um dos países da América Latina onde a colonização europeia foi das mais intensas, tanto que algo entre 88% e 94% da população possui ascendência europeia.
No inverno, o clima europeu fica ainda mais evidente.
Fundada pelos portugueses em janeiro de 1680, a charmosa cidade de Colonia del Sacramento é o mais antigo assentamento europeu no Uruguai. Bom, neste caso ela até poderia ter sido parte do Brasil se não fosse o tratado de Santo Ildefonso que transformou a colônia possessão espanhola.

A beleza da cidade é tamanha que em 1995 ela foi decretada Patrimônio Cultural e Natural Mundial pela UNESCO, e os esforços para conservação são bem efetivos.


Até mesmo pela época em que foi fundada, Colônia guarda uma considerável semelhança com algumas cidades brasileiras coloniais como Parati ou Ouro Preto, por exemplo. Pelas charmosas ruas, calçamento rústico e muitos casarões da época colonial.

O grande programa ali é caminhar pelo centro histórico e admirar seus casarões muito bem preservados que hoje são ocupados em sua maioria por restaurantes, lojas e pequenos (e charmosos) hotéis.

Aliás, como esta região turística é bem pequena, nem se preocupe em utilizar o carro por lá. Com muitos lugares nas ruas nos arredores, sugiro que você deixe o carro e caminhe pelas ruas do centro, até mesmo porque a maior parte delas é exclusiva para pedestres.
Carros antigos "abandonados"estrategicamente pelas ruas,
Casarões,
As placas em azulejo e as luminárias são marcas registradas de Colonia del Sacramento.
As construções desta região parecem ter literalmente sido congeladas no tempo. Alguns edifícios foram transformados em museus, outros em restaurantes e alguns em lojas e até mesmo hotéis. Uma excelente forma de conservar a história local e gerar um turismo verdadeiramente sustentável.

De todas as ruas da cidade, a mais charmosa e fotogênica delas é a Calle de los Suspiros. Além da beleza local, o nome vem do fato de que é comum entre os uruguaios fazer pedidos de casamento ali. Quem sabe você não vê um, ou até recebe um pedido ali...
Calle de los Suspiros.
Conheça a Plaza Mayor e aproveite também para descansar vendo o pôr do Sol às margens do Rio da Prata que passa também por ali. Aproveite para conhecer os restos do Convento de San Francisco e eventualmente subir na torre do farol, de onde se tem uma boa vista de toda a cidade.
Convento de San Francisco e o Farol.
Não deixe também de conferir a Puerta de la Ciudadela que é um dos trechos mais bem preservados da muralha que protegia a cidade nos tempos coloniais.

A igreja mais famosa e bonita da cidade é a Basílica del Santísimo Sacramento que guarda muito bem a influência portuguesa dos tempos coloniais.
Basílica del Santíssimo Sacramento.
Colonia tem alguns pequenos museus que contam a história da cidade. Talvez o mais interessante deles seja o Museo del Azulejo que como o nome diz tem uma mostra de azulejos portugueses.
Museo del Azulejo.
Não se esqueça de fazer uma saborosa parada para uma boa refeição. Colonia tem excelentes opções de lugares para comer. Nós optamos pelo Mesón de la Plaza, um restaurante bem bacana no coração do centro histórico e com excelentes pratos, principalmente massas e carnes.
Delicioso prato de carne com batatas do Mesón de la Plaza.
Um simples bar de esquina ganha um charme especial.
No fim do dia, termine o seu passeio curtindo o pôr do Sol tão típico de Colonia del Sacramento.
Pôr do Sol em Colonia del Sacramento.
Aproveite as lojinhas de souvenires porque tem muita coisa legal.
No extremo sul, onde se tem a melhor vista do pôr do Sol, uma enorme bandeira do Uruguai.
Então já sabe, nem que seja para um breve bate-e-volta, não deixe de conhecer Colonia del Sacramento na sua viagem para o Uruguai.

Booking.com

Quer receber mais dicas de viagem e saber quando saem os próximos posts?
Curta nossa página no Facebook, aqui.
Siga-nos no Twitter @cumbicao.
E no Instagram – Cumbicão.

2 comentários :

  1. Olá Diogo, excelente post! Acho o Uruguai um excelente país, com muitas atrações inesquecíveis, como essa da Colonia Del Sacramento, que eu não sabia que existia!

    Aproveito para agradecer seu comentário lá no MMdM. Eu não sabia que você lia meu blog! Acompanho seu blog há um tempo, sei da qualidade de suas postagens, e fiquei surpreso ao receber um comentário seu!

    Afinal, vc é um dos caras com quem tenho aprendido a blogar. 7 anos consecutivos de alta qualidade em posts aqui no Cumbicão não é, definitivamente, para qualquer um.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Guilherme,

      Muito obrigado!!!
      O MMdM já está devidamente favoritado na milha lista de leitura.
      Abraço.

      Excluir

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui