1 de setembro de 2013

Dicas da Inglaterra (X) - Londres: Compras

Só Londres mesmo para ter uma loja especializada em guarda-chuva!!!
Em perfeito juízo eu não recomendaria Londres ou a Inglaterra como um destino turístico de compras. Não que lá não existam itens interessantes para comprar, muito pelo contrário. As compras são interessantíssimas. O problema é o preço!
A menos que vocês sejam milionários, vocês notarão que tudo parece absurdamente caro para os bolsos tupiniquins.
Parte disto é culpa da libra, a moeda local, que historicamente tem um valor cambial bem salgado até mesmo para aqueles que recebem em outras moedas consideradas fortes. Só para dar uma noção das coisas, a libra está cotada hoje em nada menos que R$ 3,64. Uma verdadeira paulada!!!
Mas mesmo que o seu orçamento seja apertado, tenho certeza que você irá encontrar algo que seja do seu agrado e caiba no bolso; nem que seja para ter uma lembrancinha de lá.
Ainda que você não faça lá grandes compras, o fato de lá existirem lojas que não vemos por aqui no Brasil ou produtos simplesmente diferentes, faz compensar um passeio pelas vitrines de Londres.
A primeira e evidente sugestão de compras, volto a repetir: mesmo que você não compre nada, é a Harrods. Confira o nosso post a respeito: Imperdível!
Na minha opinião, a loja de departamentos mais interessante que existe.
Aproveitando que você está na Brompton Road onde fica a Harrods, cruze a rua e visite a loja da National Geographic. Interessantíssima, é uma das três lojas deles existentes no mundo (as outras duas ficam em Madri e Kuala Lumpur na Malásia).
Além dos evidentes mapas, livros e outros artigos do gênero, vocês encontrarão roupas e até mesmo simpáticos bichos de pelúcia, muitos deles com renda revertida para programas de proteção ambiental.

Vontade de levar tudo!!!
Existem dois locais bastante turísticos em Londres que concentram uma grande quantidade de lojas interessantes.
O primeiro deles é Covent Garden, com algumas lojas variadas indo desde uma enorme Apple Store até lojas de grifes conhecidas como Burberry e Ralph Lauren.
O segundo deles e, na minha opinião, o mais interessante é a própria Piccadilly Circus.
Ali existem lojas de todos os tipos, e para todos os bolsos.
A primeira delas que eu sugiro, principalmente para aqueles que como eu não saem de um destino sem ao menos um souvenir, é a Cool Britannia. De fato é uma loja muito bacana que vende literalmente tudo o que vocês imaginem e que possa ser relacionado à Grã-Bretanha e à cidade de Londres.
Cool Britannia.
Tem de tudo. De uma simples caneca até cueca estampada com o mapa do metrô de Londres. Fiquei agora imaginando alguém precisando consultar no meio do percurso... melhor nem pensar!
A loja é um bom exemplo de como vender produtos associados a uma nação. Os ingleses, na onda de que de fato hoje, como disse no começo desta série, são cool, fizeram bonito com a idéia.
Penso que com o que temos de material aqui no Brasil dava para fazer melhor ainda. É só ter um pouquinho de seriedade e trabalhar firme para construir uma “marca”. Momento #AcordaBrasil!!!
Aberta diariamente das 9h00 às 0h00 e com outros dois endereços na cidade, é o lugar para quem quer comprar uma bugiganga das boas na terra da Rainha.
Fora isso, ainda são várias as barraquinhas nas ruas.
Para quem gosta de artigos esportivos, sugiro ir à Lillywhites. Embora tenha lojas em outros endereços, a unidade da Piccadilly Circus é uma das maiores da cidade. Com preços justos e promoções interessantes, é um excelente lugar para quem, por exemplo, procura camisas de futebol.
Lillywhites em Piccadilly Circus.
Ali perto também tem a loja da M&M que já falamos aqui, a única fora dos EUA.
Talvez a maior concentração de lojas de Londres esteja na Regent St. e na Oxford St.
Regent St. o centro comercial da cidade.
Lá vocês encontrarão também muitas lojas interessantes, dentre elas as duas principais lojas de departamento da cidade.
A Selfridges, com mais de 100 anos, tem no n.º 400 da Oxford Street uma de suas principais unidades. Abre de segunda a sábado das 9h30 às 22h00 e domingos 10h00 às 18h00.


Regent St.




Já a concorrente Marks & Spencer, conhecida por vender roupas com preços razoavelmente acessíveis tem a sua loja central no n.º 458. Funciona de segunda à sexta das 9h00 às 20h00; sábados até as 19h00 e domingos das 12h00 às 18h00.
H&M, outra importante rede, tem uma grande loja na região da Oxford e Regent St.
A Primark, uma outra loja bem popular entre os londrinos, também tem endereço por ali, no 499 da Oxford Street.
Quem curte esporte encontrará na Oxford Street, no n.º 415, uma Adidas Performance Store.
Se você, como eu adora uma loja de brinquedos, vá à Hamleys (188 - 196 Regent Street). É a loja de brinquedos mais tradicional da cidade, e o diferencial deles está em oferecer, em seus vários andares, alguns itens bastante tradicionais em meio a outros moderníssimos. Vale a visita!
Hamleys.
São vários andares com tudo que se possa imaginar.
Homenagem ao Jubileu da Rainha.
Sei que é incomum, mas é o banheiro mais divertido que já vi. Kkkk
Ainda que as farmácias londrinas estejam longe das conhecidas redes americanas (Rite Aid; Duane Reade; Walgreens e etc) no quesito preço, os britânicos têm algo muito bacana: a rede Boots. Ela que oferece produtos muito diferentes dos que temos aqui, principalmente em termos de cosméticos e artigos de cuidado pessoal. Vale conferir.
Quem já conheceu alguns destinos europeus deve ter notado que lá shoppings não são como nos EUA ou em São Paulo, por exemplo, onde brota um em cada esquina.
Sempre fico com a impressão que eles preferem mesmo as lojas de departamento e as de rua. É verdade que existem sim alguns pequenos shoppings, mas num formato e tamanho bem diferente daquele que estamos habituados.
Entretanto, com a modernização oriunda das Olimpíadas, os ingleses resolveram chutar o balde. Construíram o Stratford, que fica perto do Estádio Olímpico, mais especificamente na 54A The Broadway, e é um dos maiores shoppings da Europa.
O Stratford tem duas áreas. Uma ao ar livre e uma enorme parte interna, como um shopping qualquer.
Boas lojas de artigos esportivos.
Uma mega store da Nike.
E outra a M&S. Gigantesca. 
A loja da Hugo Boss pode até ter carrão exposto...
Mas eu gostei mesmo é desta outra, bem mais modesta!
Além de itens variados da marca Mini, eles vendem os carros também. Quanto? 
É de chorarar!!!! Não é justo!!!
Quem precisa de supermercado pode contar com as onipresentes lojas das redes Netto; Tesco; e Sainsbury. Com pequenas unidades espalhadas por toda a cidade, elas têm tudo o que for necessário.
Uma das unidades do Tesco. Salva a vida do turista.
No geral, o horário comercial é de segunda à sexta das 9h00 às 18h00; quinta das 9h00 às 21h00 (os países de língua inglesa parecem ter este como “o dia” das compras); sábados das 9h00 às 16h00 e domingo das 10h00 às 16h00.

No próximo post vamos fazer uma day-trip a partir de Londres: Oxford!
Booking.com

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário, sugestão ou dúvida aqui